Chocante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chocante
Pôster oficial do filme.
 Brasil
2017 •  cor •  1h 34m min 
Direção Jonhy Araújo
Gustavo Bonafé
Produção Augusto Casé
Produção executiva Bia Caldas
Augusto Casé
Argumento Pedro Neschling
Luciana Fregolente
Roteiro Luciana Fregolente
Pedro Neschling
Bruno Mazzeo
Rosana Ferrão
Elenco Bruno Mazzeo
Marcus Majella
Lucio Mauro Filho
Bruno Garcia
Pedro Neschling
ver mais
Gênero comédia
Música Trilha Sonora Plinio Profeta
Direção de fotografia Toca Seabra, ABC
Direção de arte Joana Mureb
Figurino Letícia Barbieri
Edição Pablo Ribeiro
Companhia(s) produtora(s) Globo Filmes
Telecine Productions
RioFilme
Orion Pictures
Distribuição Imagem Filmes
Lançamento 5 de outubro de 2017
Idioma português
Orçamento R$ 1 milhão
Site oficial

Chocante é um filme brasileiro baseado na cultura pop brasileira. Foi dirigido por Jonhy Araújo e Gustavo Bonafé, com produção feita por Augusto Casé, com o roteiro de Luciana Fregolente, Pedro Neschling, Bruno Mazzeo e Rosana Ferrão e estrelado por Lucio Mauro Filho, Bruno Mazzeo, Marcus Majella, Bruno Garcia e Pedro Neschling. Foi lançado nos cinemas do Brasil em 5 de outubro de 2017.[1] Em novembro de 2017 iniciou a pré-venda do DVD e o lançamento em 28 de dezembro de 2017.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em 1995 a boyband Chocante era febre no Brasil inteiro, porém em menos de 2 anos os integrantes viram suas próximas músicas já não repetirem o mesmo sucesso e a fama ir embora aos poucos, decidindo se separar. Após 20 anos sem se verem Tim (Lúcio Mauro Filho), Téo (Bruno Mazzeo), Clay (Marcus Majella) e Toni (Bruno Garcia) tomaram rumos diferentes na vida e se reencontram no funeral de Tarcísio. Nostálgicos, eles decidem retomar a banda para fazer uma turnê comemorativa, sendo empresariados por Lessa Vigário (Tony Ramos), porém, agora com mais de 40 anos eles já não tem o mesmo vigor para as velhas coreografias ou o físico atrativo, decidindo colocar o novato Rod (Pedro Neschling), de apenas 20 e poucos anos, como quinto integrante visando atrair o público jovem. Em meio as diversas confusões para colocar o novo show de pé, eles ainda tem que lidar com uma fã fanática, Quézia (Débora Lamm).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Nas primeiras fotos das cenas de Chocante, cita os anos 80 e 90, porque o filme quer dar aquela volta no tempo. Johnny e Gustavo quiseram dar um ar há nova moda dos anos 80 e 90, e participações especiais como Sônia Abrâo, Lulu Santos, Nelson Motta e Chay Suede.[2]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Os atores começaram a postar em suas redes sociais fotos das gravações, acabou que os fãs ficaram muito ansiosos para ver o filme.[3]

Pré Estreia[editar | editar código-fonte]

Na noite de terça-feira (26 de setembro de 2017) aconteceu a pré-estreia do filme no Rio de Janeiro. Os atores foram em cada salão do filme, eles cantaram e dançaram, fizeram vários videos engraçados na pré-estreia.[4]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Nos dias 06 a 08 de outubro de 2017 o cinema vendeu 69.080 ingressos para ver o filme, e nos dias 13 a 15 de outubro de 2017 o cinema vendeu 30.638, o que foi o menos esperado pelos diretores do filme.[5]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A única trilha sonora do filme que teve foi Choque de Amor cantada pela Boy Band, a última música gravada por eles.[6]

Referências