Cláudio Bastos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cláudio Bastos
Nascimento Cláudio de Albuquerque Bastos
23 de agosto de 1935
Teresina,
 Brasil
Morte 23 de agosto de 2004 (69 anos)
Belo Horizonte
Nacionalidade  Brasileira
Alma mater Universidade Federal de Minas Gerais

Cláudio de Albuquerque Bastos, mais conhecido como Cláudio Bastos (Teresina, 23 de agosto de 1935 - Belo Horizonte, 23 de agosto de 2004) foi um sociólogo, escritor e dicionarista piauiense na área histórica e geográfica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Dicionário histórico e geográfico do estado do Piauí, obra máxima do Cláudio Bastos, editado em 1994 pela Prefeitura de Teresina.

Nasceu em Teresina no ano de 1935 filho de Maria Brandão de Albuquerque Bastos e Nereu de Figueiredo Bastos. Em 1959 bacharela-se em Sociologia, Política e Administração Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais. Trabalhou em várias instituições de ensino e participou de um vasto leque de institutos culturais pelo Brasil.


Tem como principal obra o Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí, iniciado em 1962 e editado em 1994 pela prefeitura de Teresina.[1]

Produções[editar | editar código-fonte]

  • Manifestações Musicais no Piauí – Contribuição à História da Música, (1990)
  • Família e Poder - A Sucessão Hereditária do Poder Político no Brasil, (1991)
  • Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí, (1994)
  • Instituições Financeiras de Minas Gerais - 1819-1995, (1997)

Referências

  1. «Cláudio de Albuquerque Bastos». cbg.org.br. Consultado em 23 de setembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.