Giovanni di San Felice

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Conde de Bagnoli)
Ir para: navegação, pesquisa

Giovanni Vincenzo di San Felice (Nápoles, 1575Salvador, 26 de agosto de 1640), sargento-mor da Calábria inferior, do Batalhão de Guerra do Exército Real, governador, mestre-de-campo no Brasil, Conde, Marquês, Duque de Bagnolo, Príncipe de Monteverde, foi um nobre e militar italiano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Entrou ao serviço da Coroa Espanhola à frente de um regimento de soldados napolitanos.

No contexto da primeira das Invasões holandesas do Brasil (1624-1625) participou, em 1625, da retomada de Salvador aos neerlandeses.

Posteriormente, quando da segunda invasão Região Nordeste do Brasil (1630-1654), retornou em 1631, dirigindo-se à capitania de Pernambuco à frente de tropas de reforço para Matias de Albuquerque, que ali resistia ao invasor.

Tendo desembarcado em Alagoas, rumou para o norte, defendendo o Cabo de Santo Agostinho, tomando parte da batalha de Mata Redonda (18 de janeiro de 1636). Com a morte de seu comandante, D. Luís de Rojas y Borja, duque de Ganja, assumiu o comando geral das tropas, dando ordem de retirada e buscando refúgio em Porto Calvo.

Com a conquista de Porto Calvo por Maurício de Nassau, o conde de Bagnoli retirou-se para a capitania de Sergipe e daí para a da Bahia, onde finalmente conseguiu deter os neerlandeses.

Em 1639 voltou a Pernambuco, retomando a luta. Após algumas batalhas, em 1640 foi forçado a retornar à Bahia, onde veio a falecer.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.