Convenção de Moss

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Convenção de Moss
Mosskonventionen (sueco)
Mossekonvensjonen (norueguês)
Local da assinatura do documento
Tipo de tratado Armistício
Assinado 14 de agosto de 1814
Local Moss, Noruega
Em vigor Imediatamente
Signatários Generais Magnus Björnstjerna e A. F. Skjöldebrand pela Suécia, ministros Niels Aall e Jonas Collett pelo Governo da Noruega

A Convenção de Moss foi um armistício assinado em 14 de agosto de 1814 na cidade norueguesa de Moss entre a Suécia e a Noruega. [1] [2]

Este acordo ocorreu na sequência da ofensiva vitoriosa das tropas suecas para obrigar a Noruega a uma união com a Suécia, de acordo com o estipulado no Tratado de Kiel. [1]

A Convenção de Moss implicou, por um lado, a aceitação pela Suécia da autonomia constitucional da Noruega dentro da união pessoal Suécia-Noruega, e por outro lado, a abdicação do rei norueguês a favor do soberano sueco. [1] [3]

Referências

  1. a b c Jörgen Weibull. «Mosskonventionen» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 28 de abril de 2015 
  2. Lars Thorgersen. «Historie - Mossekonvensjonen, Christian Frederik og Konventionsgaarden» (em norueguês). Moss Kommune. Consultado em 28 de abril de 2015 
  3. «Mossekonvensjonen» (em norueguês). Grande Enciclopédia Norueguesa. Consultado em 28 de abril de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]