Copa Sul de Futebol Americano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Sul de Futebol Americano
Temporada Atual Temporada de 2017
Dados gerais
Organização FCFA
Edições 5
Local de disputa Região Sul Região Sul

Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul

Sistema Temporada Regular e Playoffs
editar

A Copa Sul de Futebol Americano é um torneio interestadual realizado por equipes masculinas de Futebol Americano da região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), não participantes do Campeonato Nacional, e com exclusividade no cronograma.

A Copa Sul de Futebol Americano é organizada pela Federação Catarinense de Futebol Americano (FCFA), porém todas as equipes possuem representantes na Gestão da Copa, ativamente participantes das decisões referentes ao torneio através de voto. A tabela de jogos é determinada com base no número de participantes, cronograma de arbitragem e respectiva logística.

História[editar | editar código-fonte]

Desde 2013 a Federação Catarinense de Futebol Americano organiza a Copa Sul de Futebol Americano, uma ideia que surgiu após a realização da Copa Santa Catarina em 2012, que foi disputada por quatro equipes que não disputariam nenhum torneio nacional no segundo semestre. Naquela ocasião, Balneário Camboriú Lobos do Mar, Gaspar Devils, Itapema White Sharks e Criciúma Slayers participaram do torneio, com a final vencida pelos Slayers sobre o White Sharks.[1]

2013 - I Copa Sul

A Copa Sul foi idealizada e criada por Ranieri D’Avila Ieski com assistência de Marcos Pires de Moraes em 2013, originalmente composta por quatro equipes, com a finalidade de dar oportunidade às equipes participantes que não possuíam cronograma de jogos para o segundo semestre. Uma competição direcionada à equipes pequenas ou em processo de reestruturação que não tivessem recurso humano e/ou financeiro para cumprir a logística de longas viagens requeridas em torneios nacionais. O foco da competição era prover oportunidades para ganho de experiência e condições de jogo aos iniciantes do esporte. O formato foi muito parecido com a Copa Santa Catarina, mas passou a se chamar Copa Sul pois envolvia uma equipe de outro estado, o Ponta Grossa Phantons, que entrou no lugar do Gaspar Devils. A final teve novamente a participação do Itapema White Sharks, que venceu os paranaenses e desta vez ficou com o título.

2014 - II Copa Sul

Novamente foram quatro equipes: desta vez o Ijuí Drones entrou no lugar do Phantons. Para adequar a tabela de jogos, a Federação Catarinense de Futebol Americano (FCFA) convidou a equipe do Itapema White Sharks para compor o elenco do torneio em caráter excepcional. A final do torneio foi uma reedição da Copa SC entre Itapema White Sharks e Criciúma, que havia mudado o nome para Miners. Os itapemenses foram bicampeões invictos.

2015 - III Copa Sul

Pela primeira vez, havia a participação dos três estados do Sul do País na mesma edição. Foram nove equipes divididas em três grupos que batalharam pelo título: Curitiba Guardian Saints, Corupá Buffalos, Itaiópolis Xoklengs, Camboriú Broqueiros, Criciúma Miners, Gaspar Black Hawks, Ijuí Drones, Restinga Redskulls e Santa Cruz Chacais. Com o grande número de times, foi a primeira vez que houve disputa de playoffs. Na final disputada em Gaspar (Mando da FCFA), os Chacais venceram o Corupá Buffalos e foram campeões.

2016 - IV Copa Sul

Novamente a Copa bateu o recorde de equipes participantes: dez times foram divididos em dois grupos – Black Hawks, Corupá Bufallos, Guardian Saints, Itaiópolis Xoklengs, Tigers Football, Criciúma Miners, Ijuí Drones, Bulls FA, Restinga Redskulls e Itajaí Dockers. A final foi disputada por dois catarinenses, Miners e Black Hawks. A equipe de Gaspar saiu campeã. Foi o primeiro título da equipe na história e o segundo vice-campeonato da Copa Sul para os Miners.

2017 - V Copa Sul

Em 2017 o número de equipes chegou a 12, com quatro equipes de cada Estado da Região Sul, divididas em 3 conferências regionais e suas divisões: Paraná (East e West), Santa Catarina (Border e Coast) e Rio Grande do Sul (Highland e Atlantic). O formato dos playoffs será definido de acordo com as classificações (Seed) das equipes.

Edições[editar | editar código-fonte]

Ano COPA SUL
1º Campeão 2º Vice-campeão Participantes Resultados Ref.
2013 Santa Catarina Itapema White Sharks Paraná Ponta Grossa Phantoms 4 Resultados [2]
2014 Santa Catarina Itapema White Sharks Santa Catarina Criciúma Miners 4 Resultados [3]
2015 Rio Grande do Sul Santa Cruz Chacais Santa Catarina Corupá Buffalos 9 Resultados [4]
2016 Santa Catarina Gaspar Black Hawks Santa Catarina Criciúma Miners 10 Resultados [5]
2017 Santa Catarina Corupá Buffalos Rio Grande do Sul Porto Alegre Pumpkins 12 Resultados [6]

Títulos por equipe[editar | editar código-fonte]

Equipe Títulos Vice-campeonatos
Santa Catarina Itapema White Sharks 2 (2013 e 2014) -
Santa Catarina Corupá Buffalos 1 (2017) 1 (2015)
Santa Catarina Gaspar Black Hawks 1 (2016) -
Rio Grande do Sul Santa Cruz Chacais 1 (2015) -
Santa Catarina Criciúma Miners - 2 (2014 e 2016)
Paraná Ponta Grossa Phantoms - 1 (2013)
Rio Grande do Sul Porto Alegre Pumpkins - 1 (2017)

Títulos por estado[editar | editar código-fonte]

Estado Títulos Vice-campeonatos
Santa Catarina Santa Catarina 4 3
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul 1 1
Paraná Paraná - 1

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Saiba tudo sobre a Copa Sul que começa neste final de semana». Salão Oval. Consultado em 4 de agosto de 2017 
  2. «Phantoms é vice-campeão da Copa Sul de Futebol Americano». Gazeta de Palmeira. Consultado em 4 de agosto de 2017 
  3. «FINAL DA COPA SUL DE FUTEBOL AMERICANO – WHITE SHARKS BICAMPEÃO!». 18 de outubro de 2014. Consultado em 22 de outubro de 2014 
  4. «Chacais levam o título da Copa Sul». Jornal Metas. Consultado em 4 de agosto de 2017 
  5. «Black Hawks é campeão da IV Copa Sul de Futebol Americano». Jornal Metas. Consultado em 4 de agosto de 2017 
  6. «Corupá Buffalos é campeã da Copa Sul de Futebol Americano». Portal da Clic. Consultado em 5 de dezembro de 2017