Corticeira Amorim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Corticeira Amorim
Razão social CORTICEIRA AMORIM, S. G. P. S., S. A.
Empresa de Capital Aberto
Cotação Cotação Euronext Lisboa: Euronext Lisboa: COR ( https://www.euronext.com/pt-pt/products/equities/PTCOR0AE0006-XLIS/company-information)
Indústria Transformadora de Cortiça
Gênero Sociedade Anónima
Fundação 1870 (148 anos)
Sede Santa Maria da Feira, Portugal
Empregados 4200 ((1200 fora de Portugal) 2017)[1]
Valor de mercado Valor de Mercado: €1,457.68 (set 2018) [1]
Lucro Lucro: 73 milhões (2017)

[1]

Website oficial https://www.amorim.pt/

A Corticeira Amorim, SGPS, S.A é uma holding portuguesa [2] que se dedica à transformação de produtos de cortiça posicionada como líder mundial do setor [3]. Presidida por António Rios de Amorim[4] desde 2001, está presente em mais de 100 países e é uma das empresas cotadas do PSI 20[5] . Esta holding detém uma rede de empresas subsidiárias de transformação integrada de cortiça, o que permite disponibilizar produtos para algumas das indústrias mais tecnológicas e exigentes do mundo, como são exemplo as indústrias de vinhos & espirituosos, aeroespacial, automóvel, construção, desporto, design de interiores e de moda. Conta com 87 empresas, distribuídas em 20 unidades industriais de soluções de cortiça, 10 unidades industriais matérias-primas, 47 empresas de distribuição, 10 joint-ventures. Tem ainda 254 principais agentes distribuídos em diferentes países[6].

Unidades de Negócios[editar | editar código-fonte]

A Corticeira Amorim está organizada em cinco unidades de negócios: rolhas, matérias-primas, revestimentos, aglomerados compósitos e isolamentos. O volume de negócios superou os 700 milhões de euros em 2017[7].,distribuído da seguinte forma: Rolhas 67,1%, Revestimentos 16,8%, Aglomerados Compósito 12,9%, Matérias Primas 1,5% e Isolamentos 1,4%.

A Unidade de Negócios Rolhas é a principal força motriz do crescimento da empresa. Atualmente regista níveis de produção nunca antes atingidos, reforçando a oferta e as vendas em todos os segmentos de negócios (vinho, espumosos e espirituosos). É um dos produtos mais icónicos da indústria e tem um papel fulcral na sustentabilidade de toda a cadeia de valor da cortiça, sendo responsável por mais de 65% do volume de negócios da Corticeira Amorim[8].

É na Unidade de Negócios Matérias-Primas que começa a gestão global e integrada da cadeia de valor, que se estende a toda a empresa. Criada no final de 2002, esta Unidade de Negócios é fundamental para potenciar sinergias entre as várias Unidades, assim como para garantir a otimização do fluxo de matérias-primas[9].

A Unidade de Negócios Revestimentos inclui a produção e distribuição de pavimentos e decorativos de parede com incorporação de cortiça. Ao combinar métodos tradicionais de produção com as mais recentes tecnologias, a Amorim Revestimentos desenvolve produtos cuja diferenciação advém da utilização de uma matéria-prima com benefícios ambientais comprovados e cujas características nem mesmo a ciência consegue superar: a cortiça[10].

A Unidade de Negócios Aglomerados Compósitos é reconhecida como a mais tecnológica do universo da Corticeira Amorim. Esta Unidade de Negócios propõe-se redesenhar o mundo de forma sustentável, reutilizando e reinventando materiais naturais e recicláveis com aplicações nas mais diversas áreas. Ao trabalhar a cortiça, não utilizada pela indústria de rolhas como principal matéria-prima, esta Unidade de Negócios constitui um modelo exemplar de economia circular. A partir desta base, desenvolve um portefólio de materiais de alta performance destinado a múltiplas indústrias, como a aeroespacial, automóvel, elétrica, construção, desportiva, bens de consumo, mobiliário e calçado[11].

Unidade de Negócios Isolamentos dedica-se à produção de aglomerados de isolamento acústico e térmico, totalmente naturais e com alto desempenho técnico. Está sujeita aos elevados padrões de qualidade e exigência requeridos, sobretudo, pelo setor da construção sustentável. O portefólio da Unidade de Negócios Isolamentos é concebido a partir de uma preocupação básica: assegurar um ambiente interior confortável e natural aos edifícios[12].

Sustentabilidade[editar | editar código-fonte]

A Corticeira Amorim lidera uma atividade paradigmática em termos de desenvolvimento sustentável. Ao promover a extracção cíclica da cortiça - uma operação que não danifica a árvore – a empresa viabiliza a floresta de sobreiros, um recurso natural e renovável, com inúmeros benefícios ambientais, sociais e económicos.

As florestas de sobro desempenham um importante papel na retenção de CO2, na regulação do ciclo hidrológico do solo, estando na base de um dos 36 ecossistemas mundiais mais importantes para a conservação da biodiversidade – equiparados a paraísos como a Amazónia, a savana Africana ou o Bornéu.

O descortiçamento assegura a vitalidade destas florestas, permitindo que milhares de pessoas continuem a viver em áreas altamente suscetíveis de desertificação.

Economia Circular

Totalmente natural, reutilizável e reciclável, a cortiça alinha-se perfeitamente com a consciência ecológica da sociedade contemporânea. A Corticeira Amorim tem implementado um processo produtivo integrado, através do qual assegura a reutilização de todos os subprodutos resultantes da transformação da cortiça. Não existem, por isso, desperdícios ou resíduos de cortiça, dando uma nova dimensão à velha máxima de que "nada se perde, tudo [regressa ao processo produtivo e] se transforma". Na verdade, este conceito que atualmente está na base da Economia Circular já havia sido implementado na Corticeira Amorim desde 1963, altura em que foi criada uma empresa com o objetivo de valorizar os subprodutos da produção de rolhas de cortiça, que até então eram apenas residualmente aproveitados[13].

Apoio ao Empreendedorismo[editar | editar código-fonte]

Amorim Cork Ventures

A Amorim Cork Ventures (ACV) foi criada com o objetivo de apoiar empreendedores com ideias e aplicações inovadoras[14] para o setor da cortiça. Lançada em junho 2014, a ACV já apoiou a criação de quatro startups, acolheu mais de 300 candidaturas de diversos setores, provenientes de 25 diferentes países. Já apoiou o desenvolvimento de 19 projetos, nove dos quais ainda ativos, promovendo cinco programas de fomento de competências.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Relatório Anual 2016» (PDF). Amorim SGPS. Consultado em 7 de fevereiro de 2018.  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "AR2016" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "AR2016" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  2. Editorial, Reuters. «Company Search Results». U.S. (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2018. 
  3. Neves, Rui (10 de janeiro de 2018). «Corticeira Amorim investiu 37,5 milhões em três compras nos últimos seis meses». Jornal de Negócios 
  4. Costa, Isabel Cristina (5 de Abril de 2018). «António Rios Amorim: Líder da cortiça - Forbes». www.forbespt.com. Forbes. Consultado em 12 de setembro de 2018. 
  5. «PSI-20». Wikipédia, a enciclopédia livre. 14 de agosto de 2018 
  6. «Factsheet, Investidores - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  7. «Relatório e Contas, Investidores - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  8. «Rolhas, Unidades de Negócio - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  9. «Matérias-Primas, Unidades de Negócio - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  10. «Revestimentos, Unidades de Negócio - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  11. «Aglomerados Compósitos, Unidades de Negócio - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  12. «Isolamentos, Unidades de Negócio - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  13. «Abordagem, Sustentabilidade - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim 
  14. «Amorim Cork Ventures, Liderança Global - Corticeira Amorim, Líder Mundial Setor Cortiça». Amorim