Cronologia das peças de William Shakespeare

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A precisão para a cronologia das peças de William Shakespeare (como foram primeiramente escritas ou realizadas) é impossível de determinar, uma vez que não existem registros e muitas das obras foram encenadas muitos anos antes de serem publicadas.

As primeiras versões impressas de várias peças de teatro de Shakespeare são edições piratas, mas muitas obras shakespearianas permaneceram inéditas até o aparecimento do First Folio (1623).

Os estudiosos, começando com Edmond Malone, reconstruíram a cronologia das peças por vários meios, incluindo alusões e registros contemporâneos da peça, entradas no Stationers' Register, datas de publicação segundo as capas das peças individuais, impressões viscerais e estudos de computador verificando estilo da escrita e do tempo, e (particularmente) uma lista de 1598 de peças de Shakespeare existente por Francis Mere.

Enquanto muitos estudiosos stratfordianos adotaram uma forma geralmente aceita, muitas datas continuam a ser debatidas e todas as datas, completamente todas, precisam ser tidas como altamente especulativas. Alguns estudiosos ortodoxos, bem como a maior parte dos investigadores oxfordianos (assim chamados por causa da convicção que eles possuem quanto à autoria de Edward de Vere, 17º conde de Oxford) discordam destas datas stratfordianas (para as datas dos oxfordianos veja: cronologia oxfordiana das peças de William Shakespeare). Todas essas datas sempre englobam, no entanto, o que se chama de Shakespeare apócrifo.

Lista de peças com datas estimadas[editar | editar código-fonte]

(As datas entre parênteses indicam somente a data da primeira publicação.)

As seguintes peças foram atribuídas a Shakespeare, mas são na verdade de autoria diferente ou incerta

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]