Daniel Abuggatás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Abugattás Majluf
Daniel Abugattás Majluf
Presidente do Congresso do  Peru
Mandato 26 de Julho de 2011
26 de Julho de 2012
Antecessor(a) César Zumaeta
Sucessor(a) Víctor Isla
Congressista do Peru
Mandato 26 de Julho de 2006
até presente
Vida
Nascimento 14 de abril de 1955 (59 anos)
Arequipa, Peru
Dados pessoais
Alma mater Pontifícia Universidade Católica do Peru
Partido Partido Nacionalista Peruano
Profissão Advogado

Daniel Fernando Abugattás Majluf (Arequipa, 14 de abril de 1955) é um administrador, advogado e político peruano, é Congressista da República desde 2006. Foi o Presidente do Congresso do Peru, desde o 26 de julho de 2011 até o 26 de Julho de 2012. Como membro do Partido Nacionalista Peruano serviu de porta-voz de Ollanta Humala durante as eleições gerais do Peru em 2006 e as eleições gerais no Peru em 2011.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De origem palestina, estudou ciências sociais na Pontifícia Universidade Católica do Peru durante 3 anos e direito, de 1973 a 1976. Na Universidade Autônoma Metropolitana Unidade Xochimilco no México estudou seu mestrado em direito econômico de 1980 a 1982.

Serviu desde 1981 como gerente geral de muitas empresas.

Carreira Política[editar | editar código-fonte]

Daniel Abugattás conheceu Ollanta Humala em dezembro de 2005 e a partir daí trabalharam juntos tendo como objetivo vencer as eleições de 2006. Nos primeiros meses, Abugattás cumpriu seu trabalho como porta-voz da candidatura de Humala à presidência.

Humala substituíu Abugattás como seu porta-voz. Abugattás, nas eleições gerais do Peru de 2006 foi eleito como Congressista da República durante o período 2006-2011.

Começou seu trabalho parlamentar como Presidente da comissão de produção, Micro e Pequena Empresa, alcançando aprovar vários projetos de lei, alguns deles por unanimidade. Humala lhe deu o trabalho de organizar seu partido depois das eleições, conseguindo em menos de um ano 32 mil militantes e abrindo bases nacionalistas no 70% do território nacional (até 2008).

Recebeu a confiança do Congresso para presidir a comissão pesquisadora dos "Escândalos Petrogate", onde cumpriu um papel importante no esclarecimento dos atos de corrupção.

Presidente do Congresso[editar | editar código-fonte]

Foi reeleito como Congressista da República nas eleições gerais no Peru em 2011 pelo seu partido, o Partido Nacionalista Peruano, e foi eleito Presidente do Congresso para o período 2011 - 2012. Em setembro de 2011, executou a primeira reunião descentralizada do Congresso na cidade de Ica.[1] Recebeu muitas críticas pelas contratações que realizaou no Congresso, entre estas, aquela da excongressista Nancy Obregón como conselheira de participação cidadã.[2] [3]

Referências

  1. Perú.21 (2011). Abugattás defiende sesión del pleno en Ica. Página visitada em 23-09-2011.
  2. La República (2011). Continúa controversia por contrataciones en Congreso. Página visitada em 23-09-2011.
  3. Perú.21 (2011). Exigen anular contratación de Obregón. Página visitada em 23-09-2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Daniel Abuggatás
Precedido por
César Zumaeta
Presidente do Congresso do Peru
2011 - 2012
Sucedido por
Víctor Isla