David Barron

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

David Barron é um produtor de cinema britânico, mais conhecido por seu envolvimento na série de filmes Harry Potter.

Carreira[editar | editar código-fonte]

David Barron trabalhou como produtor em Harry Potter and the Deathly Hallows: Part 1 e Part 2. Ele trabalho anteriormente como produtor em Harry Potter and the Half-Blood Prince e Harry Potter and the Order of the Phoenix. Ele também foi produtor executivo em Harry Potter and the Chamber of Secrets e em Harry Potter and the Goblet of Fire. Barron tem trabalhado na indústria do entretenimento por mais de 25 anos, começando sua carreira em comerciais antes de passar para a produção de televisão e cinema. Além de seu trabalho como produtor, ele tem mantido uma grande variedade de funções, incluindo gerente de locação, assistente de direção, gerente de produção e supervisor de produção, trabalhando em filmes como The French Lieutenant's Woman, The Killing Fields, Revolution, Legend, The Princess Bride e Hamlet de Franco Zeffirelli. [carece de fontes?]

Em 1991, Barron foi nomeado executivo encarregado de produção no projeto de televisão ambicioso The Young Indiana Jones Chronicles. No ano seguinte, atuou como produtor executivo em The Muppets Christmas Carol. Em 1993, Barron se juntou à equipe de produção de Kenneth Branagh como produtor associado e gerente de produção em Mary Shelley's Frankenstein. A partir desse filme começou uma associação com Branagh, com Barron produzindo alguns dos filmes do diretor como A Midwinter's Tale, Hamlet e Love's Labour's Lost. Barron também produziu Othello de Oliver Parker, no qual Branagh estrelou ao lado de Laurence Fishburne. Na primavera de 1999, ele formou sua própria companhia, Contagious Films, com o diretor britânico Paul Weiland. Barron, mais recentemente lançou uma segunda empresa, Runaway Fridge Films.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]