Decébalo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um retrato de Decébalo.

Decébalo - (em latim: Decebalus; em romeno: Decebal) foi o último rei da Dácia (atual Romênia). Reinou entre os anos 87 e 106. Enfrentou os romanos que, durante o reinado do imperador Trajano tentavam invadir seu país, conquistá-lo e convertê-lo em uma província do Império Romano.

História[editar | editar código-fonte]

Em 87 d.C., o imperador Domiciano tentou conquistar a Dácia. Os romanos foram derrotados por duas vezes (87 e 88) em Tapas (próximo a Bucov na atual Romênia). As legiões de Roma enfrentaram uma guerra de emboscadas promovida pelos dácios.

Após a segunda vitória dos dácios, o líder Diurpaneu (assim chamado pelos romanos) adotou o nome Decébalo. No mesmo período, uma tentativa de invasão dos bárbaros no ocidente impediu os romanos de levarem adiante esta tentativa de conquista.

Em 98 d.C. com a morte de Nerva, Trajano tornou-se o novo imperador. As campanhas militares com o objetivo de expansão territorial iniciadas por ele levaram o Império Romano à sua máxima extensão.

Humilhados por duas derrotas seguidas frente aos dácios, os romanos empreenderam uma terceira invasão. Em 101 d.C., na Segunda Batalha de Tapas, Decébalo foi derrotado. A Dácia então tornou-se um estado satélite de Roma com um rei indicado pelos conquistadores.

Decébalo cometendo suicídio

Determinado prosseguir com sua luta, Decébalo novamente derrotou os romanos em 104 d.C.. Isto iniciou uma violenta reação de Roma. A capital dácia, Sarmizegetusa, sofreu um prolongado cerco e em 106 d.C., percebendo que a derrota era inevitável e, para não ser feito prisioneiro pelos romanos, Decébalo suicidou-se.

Homenagem[editar | editar código-fonte]

Uma estátua de 40 metros de altura esculpida em pedra (a mais alta deste tipo na Europa) está localizada próximo à cidade de Orşova na Romênia. A idéia para sua construção partiu de Iosif Constantin Drăgan.

Sua construção durou 10 anos (1994 - 2004), custou aproximadamente 1 milhão de dólares e empregou o trabalho de 12 escultores.

Em sua base lê-se a seguinte inscrição em latim: "DECEBAL REX - DRAGAN FECIT" (Rei Decébalo esculpido por Dragan).