Derivas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cartaz do filme

Derivas (Drifts) é um filme português de longa-metragem de Ricardo Costa.

A acção do filme desenrola-se em Lisboa, cidade que retrata. Brumas, estreado no Festival de Veneza em 2003 e lançado em Nova Iorque no cinema QUAD em 2011, é o primeiro filme de uma trilogia autobiográfica intitulada Longes (Faraways), no género de docuficção. Brumas [1] é seguido por Derivas, filmado em 2016 e concluído em 2017. [2] O último filme desta trilogia, Arribas (Cliffs) [3], é um retorno do protagonista aos locais de Brumas, sua terra natal, e uma surpreendente viagem no tempo. [4] Aí se confronta com situações insólitas e com personagens inquietantes. [5]

Tema[editar | editar código-fonte]

"Um retrato de Lisboa através das deambulações pela cidade de dois irmãos desfasados. O Tempo e as errâncias do Homem." (Cit. produtor)

Produção[editar | editar código-fonte]

  • Produtor – Ricardo Costa
  • Realizador – Ricardo Costa
  • Datas de produção – 2011/2013
  • Pós-produção – 2014/2016
  • Locais – Lisboa, Portugal
  • Ante-estreia – 15 de janeiro 2016 (sessão especial no cineclube da Universidade de Évora) [6]

Ficha artística[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Produção, realização, montagem – Ricardo Costa
  • Argumento – Ricardo Costa
  • Fotografia e câmara – Miguel Serra, Ricardo Costa
  • Operadores de som – Nuno Cruz, Nuno Sopa, Pedro Melo, Ana Reis
  • Assistentes de imagem – Hugo Alho, Miguel Malheiros, Edivaldo Simões, Ana Teles, Ricardo Duarte, Nuno Antoniotti, António Marques, David Marques, João Brandão e outros
  • Assistentes de som – Hugo Alho, Edivaldo Simões, Ana Teles e outros
  • Assistente técnico – Pedro Caldeira (co-montador e criador do Derivas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]