Dicionário Geográfico Antártico Composto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto.

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

O Dicionário Geográfico Antártico Composto (CGA) do Comitê Científico sobre Pesquisa Antártica (SCAR) é o dicionário geográfico internacional autêntico contendo todos os topônimos antárticos publicado nos dicionários geográficos nacionais, mais informação básica sobre aqueles nomes e as feições geográficas relevantes. O Dicionário Geográfico inclui também partes do Mapa Batimétrico Geral dos Oceanos da Organização Hidrográfica Internacional (IHO), o dicionário geográfico (GEBCO) para feições submarinas situadas a 60° de latitude sul.

A partir de dezembro de 2010, o conteúdo total do CGA equivale de 36 620 nomes geográficos a 18 623 entidades geográficas incluindo cerca de 500 entidades geográficas com dois ou mais nomes inteiramente diferentes, contribuíram para as seguintes fontes:


        País               Names      
Estados Unidos 13 151
Reino Unido 4 898
Rússia 4 808
Nova Zelândia 2 593
Argentina 2 544
Austrália 2 403
Chile 1 865
Noruega 1 647
Bulgária 707
Alemanha 393
Polônia 365
Japão 320
China 279
França 223
GEBCO 185
Bélgica 117
Itália 53
Espanha 30
Índia 21
Equador 9
Uruguai 5
África do Sul 2
Canadá 2


Autoridades macionais para nomes de lugar antárticos[editar | editar código-fonte]

  • Alemanha: Ständiger Ausschuß für Geographische Namen (Comitê permanente sobre nomes geográficos)
  • Argentina: Instituto Geográfico Militar Seção Toponímia do Serviço de Hidrografia Naval da Armada Argentina e o Instituto Antártico Argentino
  • Austrália: Comitê de Medalhas e Nomes Antárticos Australianos
  • Bulgária: Comissão Búlgara para os Topônimos Antárticos
  • Canadá: Conselho de Nomes Geográficos do Canadá
  • Chile: Instituto Hidrográfico da Armada do Chile e Instituto Geográfico Militar
  • China: Comitê de Nomes de Lugar Chineses
  • Estados Unidos: Conselho sobre Nomes Geográficos dos Estados Unidos
  • França: Commission de Toponymie des TAAF, Institut Géographique National (Commissão de Toponímia da TAAF, Instituto Geográfico Nacional)
  • Itália: Comitato per i nomi geografici antartici (Comitê de nomes geográficos antárticos)
  • Japão: Comitê de Nomes de Lugar Antárticos do Japão
  • Noruega: Comitê de Nomes de Lugar Antárticos da Noruega, Norsk Polarinstitutt
  • Nova Zelândia: Comitê de Nomes de Lugar Antárticos da Nova Zelândia
  • Polônia: Comiteê sobre Pesquisa Polar da Academia Polonesa de Ciências
  • Reino Unido: British Antarctic Survey (Serviço Antártico Britânico) Comitê de Nomes de Lugar Antárticos do Reino Unido
  • Rússia: Comissão Interministerial Russa sobre Nomes Geográficos
  • Uruguai: Instituto Antártico Uruguaio


GEBCO: Subcomitê de Nomes de Feições Submarinas - GEBCO.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]