Dicksoniaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDicksoniaceae
Dicksonia antarctica

Dicksonia antarctica
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Pteridophyta
Classe: Pteridopsida
Ordem: Cyatheales
Família: Dicksoniaceae
Bower, nom. cons.
Géneros
Calochlaena

Dicksonia
Lophosoria
Conantiopteris
Coniopteris
Erboracia
Lophosoriorhachis
Nishidicaulis
Onychiopsis

Dicksoniaceae é uma família de fetos tropicais, subtropicais e de latitudes temperadas quentes. A maioria dos géneros na família são rasteiros ou possuem troncos muito pequenos em comparação com os fetos arbóreos da família Cyatheaceae. No entanto, algumas das maiores espécies podem atingir vários metros de altura. Outros são epífitos. Encontram-se essencialmente em regiões tropicais do Hemisfério Sul, atingindo áreas temperadas como o sul da Nova Zelândia.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

As espécies da família são geralmente caracterizadas pelas frondes pinadas largas, com 1-4m de comprimento. A família inclui várias espécies de fetos arbóreos (essencialmente as pertencentes ao género Dicksonia), que crescem com um tronco único. Todos os membros da família possuem pêlos longos que se estreitam nas pontas, compostos por células sobrepostas como tijolos, ao contrário das escamas características das Cyatheaceae.

Evolução[editar | editar código-fonte]

Os fetos desta família ao geralmente considerados como mais primitivos que os da família Cyatheaceae, tendo tido origem no início do período Jurássico.

Diversidade[editar | editar código-fonte]

Apenas três géneros sobreviventes são reconhecidos nesta família monofilética:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dicksoniaceae


Ícone de esboço Este artigo sobre fetos, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.