Dicksonia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaDicksonia
Dicksonia antarctica no Parque Nacional de Werrikimbe, sul da Austrália
Dicksonia antarctica no Parque Nacional de Werrikimbe, sul da Austrália
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Monilophyta
Classe: Pteridopsida
Ordem: Cyatheales
Família: Dicksoniaceae
Género: Dicksonia
L'Hér., 1789
Espécies
Ver texto.

Dicksonia é um género de feto arbóreo pertencente à ordem Cyatheales. É considerado um parente próximo do género Cyathea, mas mais primitivo, datando as suas origens aos períodos Jurássico e Cretáceo. O registo fóssil inclui caules, pínulas e esporos.

O género contém 20-25 espécies (dependendo do autor), e distribui-se desde o México ao Uruguai, Chile, Santa Helena (território), Nova Zelândia, Austrália, Indonésia, Nova Guiné e Filipinas. É na Nova Guiné que atinge maior diversidade com 5 espécies conhecidas.

A espécie mais cultivada de Dicksonia é a D. antarctica.

O género descrito pela primeira vez em 1789 por Charles Louis L'Héritier de Brutelle. O nome homenageia Jame Dickson, um proeminente enfermeiro e botânico.

Segundo o IBAMA, a Dicksonia sellowiana, conhecida também como Samambaiaçu Imperial, está na lista das espécies ameaçadas de extinção em vários lugares do Brasil.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Braggins, John E. and Large, Mark F. Tree Ferns. Timber Press, Inc. (2004).
  • Lobin, Wolfram. Lista das espécies americanas de Dicksonia. Autoridade Científica da Alemanha, Bonn 2001.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Dicksonia
Ícone de esboço Este artigo sobre fetos, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.