Dino Meneghin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o jogador de basquete. Para o músico, veja The Calling.
Dino Meneghin
Dino Meneghin Premio Chiara.jpg
Informações pessoais
Nome completo Dino Meneghin
Data de nasc. 18 de janeiro de 1950 (68 anos)
Local de nasc. Alano di Piave,  Itália
Altura 2,04m
Peso 110 kg
Informações no clube
Posição Pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
1966-1980
1980-1990
1990-1993
1993-1994
Itália Pallacanestro Varese
Itália Olimpia Milão
Itália Pallacanestro Trieste
Itália Olimpia Milão
Seleção nacional
1969-1994 Flag of Italy.svg Itália 271 (2947)
Medalhas
Competidor da  Itália
Jogos Olímpicos
Prata Moscou 1980 Basquete M
União Europeia EuroBasket
Bronze Alemanha Ocidental 1971 Flag of Italy.svg Itália
Bronze Iugoslávia 1975 Flag of Italy.svg Itália
Ouro França 1983 Flag of Italy.svg Itália

Dino Meneghin (nascido em Alano dei Piave, Véneto o 18 de janeiro de 1950) é um ex-basquetebolista italiano. Foi considerado o melhor jogador de seu país durante décadas, e, durante vários anos, também o melhor da Europa. Com 2,04 m de estatura, jogava na posição de pivô.

Em 20 de novembro de 1966, quando tinha apenas 16 anos, jogou sua primeira partida na Liga Italiana com o clube Ignis Varese. Jogou a última partida com 45 anos. Hoje em dia trabalha para a Federação Italiana de Basquete e para o clube Olimpia Milão.

Ao todo, jogou 836 partidas e marcou 8.560 pontos na Liga Italiana. Para a equipe nacional jogou 271 partidas com um total de 2.847 pontos. Meneghin converteu-se no primeiro jogador de uma liga europeia a ser eleito no Draft da NBA. Os Atlanta Hawks selecionaram-no nas últimas rodadas do Draft da NBA de 1970, no entanto nunca jogou em Estados Unidos.

Em 1980 e 1983 foi eleito como o MVP em toda Europa. Em 1991 foi eleito como o melhor jogador europeu de basquete de todos os tempos. Em 5 de setembro de 2003 converteu-se no segundo jogador italiano a entrar no Basketball Hall of Fame, após Cesare Rubini, que jogou e treinou o Olimpia Milano entre os anos 1940 e nos anos 1970 respectivamente.

Um de seus maiores feitos de sua carreira é o número de Finais da Copa de Campeões Europeia. Jogou 10 finais consecutivas com Varese (5 vencidass e 5 perdidas) e 2 mais consecutivas com Olimpia Milão (ambas vencidas).

Em 2010 anuncia-se sua próxima incorporação junto com outros grandes basquetebolistas, treinadores, dirigentes europeus no prestigioso FIBA Hall of Fame[1]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Dantes de acabar sua carreira, Dino Meneghin jogou na Série A italiana de basquete contra seu filho Andrea, também um jogador de nível internacional.

Clubs[editar | editar código-fonte]

Troféus[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

  • 12 Campeonatos Italianos (1969, 1970, 1971, 1973, 1974, 1977, 1978, 1982, 1985, 1986, 1987, 1989). Vice-campeão em nove ocasiões.
  • 6 Copas de Itália (1969, 1970, 1971, 1973, 1986, 1987)
  • 7 Euroligas (1970, 1972, 1973, 1975, 1976, 1987, 1988)
  • 2 Recopas de Europa (1967, 1980)
  • 1 Copa Korac (1985)
  • 4 Copa Mundiais por Clubes (1967, 1970, 1973, 1987)

Seleção nacional de Itália[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Piratas del basket.com: Se incorporará al Salón de la Fama publicado el 20 de agosto de 2010
Prêmios e realizações
Precedido por
Vladimir Tkachenko
Mr. Europa
1980
Sucedido por
Dragan Kićanović
Precedido por
Dragan Kićanović
Mr. Europa
1983
Sucedido por
Juan Antonio San Epifanio