Dirceu Travesso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O líder sindical Dirceu Travessos, em 2014.

Dirceu Travesso (Flórida Paulista, 24 de fevereiro de 1959[1]São Paulo, 16 de setembro de 2014[2]) foi um líder sindical e político brasileiro, cofundador do PSTU, da Conlutas[1] e do PT.[3]

Em 2002, Didi (como era conhecido) concorreu, pelo PSTU, ao cargo de governador de São Paulo; em 2004, disputou a Prefeitura de São Paulo; e, em 2010, tentou uma vaga no Senado Federal.[2]

Morreu após 45 dias de internação no Hospital do Câncer de São Paulo, onde se tratava de um câncer de pulmão,[3] contra o qual lutava havia 5 anos.[4]

Referências

  1. a b Motta, Cláudia (18 de setembro de 2014). «Morre Dirceu Travesso». Sindicato dos Bancários de São Paulo. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  2. a b «Morre Dirceu Travesso, fundador do PSTU e visionário socialista». 16 de setembro de 2014. Consultado em 18 de setembro de 2014. Morreu em São Paulo, na manhã de hoje (16), o ex-dirigente sindical bancário Dirceu Travesso, o Didi... 
  3. a b «Morre o dirigente sindical Dirceu Travesso, o "Didi"». revista Caros Amigos. 16 de setembro de 2014. Consultado em 18 de setembro de 2014 
  4. «Morre Dirceu Travesso, dirigente sindical e fundador do PSTU». revista Fórum (em quote= Vítima de um câncer no pulmão, doença que já vinha enfrentando há cinco anos, Didi, ficou internado por 45 dias no Hospital do Câncer, e em São Paulo.). 16 de setembro de 2014. Consultado em 18 de setembro de 2014  Texto " Portal Fórum" ignorado (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.