Discussão:Advogado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Penso q deva ser retirado o último parágrafo visto ser opinião pessoal, cuja prática é impedida pelo wikipédia.

Se fossemos colocar nossas posições pessoais, no tema referido iríamos muito longe sem chegar a lugar algum.

--Ismar Schein 12:09, 18 Março 2006 (UTC)

Contribuições[editar código-fonte]

1. Fiz uma correção no artigo no que tange a afirmação de que o advogado é o único com capacidade postulatória, pois os promotores, assim como o prórpio jurisdicionado (ex. JEC) também podem ingressar em juízo postulando.

2. Realizei a inclusão do art 133 da CF/88 e da informação de que não existe hierarquia entre advogados, juízes e promotores. --grgbrasil 15:56, 14 Setembro 2006 (UTC)



Realizei correções no que tange aos requisitos para ser advogado e amplitude da capacidade postulatória.

grgbrasil 19:20, 19 Setembro 2006 (UTC)

Fontes[editar código-fonte]

O advogado é uma peça essencial[carece de fontes?] para a administração da justiça. Tem fontes, vide parágrafo seguinte onde consta: A Constituição Federal do Brasil dispõe no seu artigo 133 que «o advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei». Papel (discussão) 11h50min de 7 de Abril de 2008 (UTC)

Instituições competentes[editar código-fonte]

O trecho "autorizado pelas instituições competentes" carece de referências.