Discussão:Amazonas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrela de artigo destacado Amazonas é um artigo destacado; o que significa que ele (ou uma versão anterior) foi identificado como um dos melhores artigos produzidos pela comunidade da Wikipédia. Apesar disso, se puder atualizar ou melhorá-lo, por favor, faça-o.
4 de setembro de 2013 Candidato a artigo destacado Promovido

Artigo Mentiroso[editar código-fonte]

Como o Amazonas pode ter um IDH 0,807 se nem a metade dos municipios tem IDH maior q 0,700, nem Manaus chega a isso. E outra o PIB Amazonense nao é de R$42 bi e sim de R$35 bi. Quem escreveu isso deveria sentir vergonha de vandalizar desse jeito!!! Amazonense (Burro e prego, pois não sabe ultilizar o potencial da regiao!! Paraenses estão dominando este lugar, ja que não existe mão de obra e nem intelecto(local, nascido desta terra) para administrar os recursos da região! um brinde ao PARÁ!.comentário não assinado de 200.193.202.144 (discussão • contrib) 2 de janeiro de 2007 (UTC)

Um usuário anônimo revoltado pelo apagamento de municípios ainda inexistentes e que segundo ele seriam obrigatoriamente criados em 2008, modificou inúmeros índices de vários municípios do estado do Amazonas. --OS2Warp msg 16:14, 2 Janeiro 2007 (UTC)
Pior ainda, este usuário, além de vândalo, é um burro. Diz q o Amazonas tem + de 4 Milhões de habitantes, q o PIB é de R$42 bi e q o PIB per capita é de R$20.000!!!! Muito burro mesmo. Só pode ser Amazonense!! preguiça e burrice ao quadrado. um brinde ao PARÁ!comentário não assinado de 200.193.202.144 (discussão • contrib) 2 de janeiro de 2007 (UTC)

Se no Censo de 2000 a população indígena era de cerca de 4,4 % como pode poucos anos depois diminuir para 1%? Algum genocídio ou algo parecido?comentário não assinado de 200.193.202.50 (discussão • contrib) 5 de janeiro de 2007 (UTC)

Bota mentiroso nisso. Eu vi no artigo uma tabela sobre o PIB dos municípios que dizia que em 2004 havia 7 municípios com PIB superior a 1 bilhão de reais e estranhei, fui conferir nos dados do IBGE a custei a achar 6, com PIB superior a 250 milhões de reais. Alguém está querendo vender o Congo como se fosse a Bélgica... Leider Só (discussão) 16h33min de 31 de Dezembro de 2007 (UTC)
O vandalismo acontece em todos os artigos. Não é porque houve um vandalismo aqui que, obrigatoriamente, foi um amazonense quem fez. Não vamos usar esta página de discussão para alimentar a rivalidade entre amazonenses e paraenses, por favor. Fritz (discussão) 16h46min de 6 de julho de 2013 (UTC)

Opinião de terceiro[editar código-fonte]

Comunico que foi aberto um pedido de opinião de terceiro a respeito da disputa sobre o conteúdo da seção "Etimologia", envolvendo eu e o Contadorwiki D​ C​ E​ F.

A disputa consiste na alternância entre duas versões diferentes:

  • A minha, [1], que julgo mais fiável (pelas suas fontes) e que foi baseada do conteúdo dos artigos Amazonas (mitologia) e Icamiabas, que foram elaborados com o auxílio dos editores Lechatjaune D​ C​ E​ F e Conhecer D​ C​ E​ F, na tentativa de obter um consenso.
  • A do Contadorwiki D​ C​ E​ F, [2], que consiste em conteúdo desenvolvido pelo próprio editor, baseado em fontes que foram contestadas no processo de obtenção de consenso supracitado, bem como contendo informações extremamente duvidosas (tal como tratar a hipotética batalha entre Orellana e as icamiabas como fato histórico).

Agradeço se uma opinião neutra puder se pronunciar sobre o assunto, para evitar uma guerra de edições já bastante desgastante. RafaAzevedo msg 14h23min de 28 de Julho de 2008 (UTC)

A sua edição apresenta apenas duas fontes: Cascudo e Inst. Goethe ( agora vc usa esta??). A minha apresenta estas duas, além de outras, como revista da Abril e Rev.de Hist. da Biblioteca Nacional. Não trato o mito como fonte histórica mais do que as próprias fontes o fazem. Há esta tb, onde as inúmeras fontes históricas podem ser tb adicionadas: http://br.monografias.com/trabalhos3/amazonas-da-grecia/amazonas-da-grecia.shtml. Contagemwiki (discussão) 14h56min de 28 de Julho de 2008 (UTC)

Opinião[editar código-fonte]

Creio que a Wikipédia é bem clara quanto ao uso de fontes. Se as fontes existem e são confiáveis, pronto, acabou-se o assunto. A minha opinião e a de qualquer um não tem tanta importância, pois as fontes são imparciais; nossa opinião não. Foram pesquisas de algum jornalista, cientista ou qualquer outro profissional. A opinião pessoal vale em conversas, no final de semana, mas não em uma enciclopédia E PONTO FINAL. A edição do Contadorwiki D​ C​ E​ F não deveria ser utilizada, não segundo a minha opinião, mas segundo os preceitos da Wikipédia.

--Doutorgrillo (discussão) 14h11min de 7 de março de 2010 (UTC)

Erro[editar código-fonte]

No segundo parágrafo diz que o estado do Amazonas é o décimo segundo estado mais populoso da Região Norte. Como é possível isto, se a Região Norte tem sete estados?!comentário não assinado de 178.191.154.195 (discussão • contrib) Gunnex 14h17min de 30 de maio de 2013 (UTC)

Yes check.svg Feito --> [3]. Obrigado por avisar. --Gunnex msg contrib 14h17min de 30 de maio de 2013 (UTC)


Link quebrado[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h35min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)


Link quebrado 2[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h35min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)


Link quebrado 3[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h35min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)


Link quebrado 4[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h35min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)


Link quebrado 5[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h35min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)


Link quebrado 6[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h36min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)


Link quebrado 7[editar código-fonte]

Foi checado os links externos deste artigo por vários minutos. Alguém verifique por favor se a ligação estiver fora do ar e tente arrumá-lo ou removê-la!

--LijeBot (discussão) 15h36min de 21 de dezembro de 2013 (UTC)

Erro[editar código-fonte]

Na seç(c)ão Demografia, no 2º paragrafo a fonte de número 73 não teve sua 'fonte-mãe' demonstrada na página. Vulto Erro de citação: inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Estimativa_2012. Favor, alguém com conhecimento no artigo corrigir. O artigo esta hoje na PP e é muito ruim para a Wikipédia demonstrar um erro desses. Obrigado. --Zoldyick (discussão) 15h38min de 13 de janeiro de 2014 (UTC)

Corrigido. Luiz Fernando Fritz (discussão) 17h02min de 13 de janeiro de 2014 (UTC)

O mito produzido das icamiabas[editar código-fonte]

Patrícia Pereira
, Revista Superinteressante 31/10/2016
O nome Amazonas, que batiza o maior Estado do Brasil e um dos maiores rios do mundo, tem sua origem em uma lenda grega que veio parar em terras brasileiras. Quando expedicionários europeus, liderados pelo espanhol Francisco Orellana, chegaram à região que hoje pertence à Amazônia, em 12 de fevereiro de 1542, encontraram um grupo de índias guerreiras. Segundo os relatos, elas lutavam nuas e viviam em tribos isoladas, sem homens. Eram chamadas pelos índios de icamiabas. Por seus costumes, elas lembravam as lendárias amazonas da mitologia grega, que viviam na Ásia Menor, e logo foi feita a associação entre elas.

...

As icamiabas eram mulheres altas, musculosas, de pele clara, cabelos compridos e negros, como descreveu o frei espanhol Gaspar de Carvajal, que fazia parte da expedição de Orellana. Ele disse tê-las visto às margens do rio Nhamundá, na divisa dos Estados do Pará e do Amazonas...

UMA OBSERVAÇÃO — Em nenhum trecho da carta de Gaspar de Carvajal da Ordem de Santo Domingo de Guzmán,[1] não descreve se tal tribo detinha nome, localização ou se a chamavam de "icamiabas", apenas alega que foram atacados por índios de fisionomia semelhantes às mulheres, onde evidentemente, num percurso do qual descrevera em seu documento, estavam passando plena escassez de mantimentos. O nome "Amazonas" até hoje é debatido por especialistas, antropólogos, cientistas ao redor do mundo todo, que não encontram consenso comum da razão. O termo "icamiabas" foi empregado pelo romancista Gastão Cruls, que insistia que tal tribo fictícia esteve localizada na confluência do rio Nhamundá, sem apresentar provas, no seu romance A Amazónia misteriosa (1925)que tem artigo aqui na Wikipédia sobre este autor — alegando que a tribo tinha costumes errantes semelhantes ao sistema europeu. As alegações das comunidades de tal tribo do local são folclorísticas e passadas verbalmente, não há estudos ou evidências comprovadas e tão pouco aceitas pelos cientistas, o que existe na verdade é uma tentativa de falsificar tais lendas, para proveitos próprios, como existiu no passado com o invencionismo do nome Amazonas ser de origem indígena, da palavra "amassunu", que o escritor alemão Karl Lokotsch, dizia que "era como os índios referiam ao Rio Amazonas". Essa alegação da tribo "icamiaba" é um mito tupi erradamente associado a lenda das Amazonas no norte do Brasil, como muitos dos mitos do folclore brasileiro são vulgarmente associados à Amazônia, deve-se o seu tratamento apenas como mito em manifestações folclóricas e não como dado científico. Gosto muito de editar aqui dentro da Wikipédia, busco constantemente aprender mais sobre ela, pois é um projeto interessante, mas quando me deparo com erros absurdos e a tentativa dos editores mais respeitados em insisti-los nos erros. É lamentável.

—wu22222 discussão 20h06min de 13 de junho de 2018 (UTC)

  1. «Carta de Gaspar de Carvajal; entre 1501 y 1600?, manuscrito. BIBLIOTECA NACIONAL DE ESPAÑA» (em espanhol). 13 de junho de 2018. Consultado em 13 de junho de 2018.