Discussão:Arte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Olá a todos[editar código-fonte]

Olá, sou FabioSJ e gostaria de colaborar com este artigo e outros sobre arte. Posso contribuir com muitos artigos sobre a área, já que sou professor de História da Arte e artista. Penso que devemos ter cuidado com os conceitos aqui manejados, principalmente porque nossa responsabilidade está aumentando. Já há livros didáticos adotando os verbetes da Wikipedia como referência. No mais, estou à disposição para ajudar. Fábio San JuanFabioSJ (discussão) 10h52min de 19 de Fevereiro de 2008 (UTC)


Como está o artigo agora?[editar código-fonte]

Dei um belo trato no artigo. Convido todos a clicarem no HISTÓRICO lá em cima e compararem as diferenças. Convido, inclusive, VOCÊ, que está lendo isto, a vir falar comigo sobre o que poderemos desenvolver/adicionar/mudar no artigo. Abs, --Fernando (Auréola) (discussão) 15h35min de 26 de Janeiro de 2008 (UTC)


Protesto Pacífico[editar código-fonte]

Sou estudante de Arquitetura, e acho que esta atividade não deveria estar na Listagem de arte, pois se bem percebo, em um trecho da teoria foi dito que é difícil determinar uma utilidade visível às artes, e então me pergunto - é difícil encontrar a utilidade de um prédio, casa ou fábrica? Agora, se estiverem falando das obras de "arquitetura", feitas por alguns arquitetos descompromissados com a realidade, que produzem arquitetura como forma de arte, onde a massa das paredes e tetos é mais importante que o espaço e abrigo, realmente, arquitetura não tem uma utilidade.


definição: Meio de Comunicação através de representações entre duas ou mais pessoas.

resolvi tirar essa parte da contribuição por não achar q seja informação consensual. Aguardo retorno sobre o tópico. --Harshmellow 13:20, 9 Jul 2004 (UTC)

Não é que este esteja ruim, é um bom artigo. Mas o artigo em inglês está melhor e mais completo; talvez uma tradução fosse mais apropriada do que tentar um texto original. aaa

Eu achei essa definição de arte (a primeira) muito estranha, com o perdão de quem escreveu. Arte é o que não está relacionado com a sobrevivencia ou reprodução? Mesmo que isso seja verdade (e eu tenho certeza que não é), arte não tem nada a ver com isso. Pra mim, essa definição está tratando de alhos ao invés de bugalhos. Arte e sobrevivência? Difícil unir essas duas coisas. E, ainda assim, quando o homem primitivo pintava as cavernas, e estes são considerados objetos de arte, eles tinham uma função mágica provável que era de atrair a caça, o que já desmonta essa teoria de sobrevivência. Concordo que, em vista do que está escrito, a tradução seja melhor mesmo. A definição retirada do artigo está mais correta que tudo o que foi escrito. Sinto muito, mas é minha opinião.AllgoCoast 21:41, 3 Novembro 2005 (UTC)

falta de imparcialidade[editar código-fonte]

"aquilo que não é relacionado diretamente à sobrevivência ou à reprodução" é uma das afirmações que podem ser compatíveis com uma determinanda ideologia de arte, mas que ignoram a história da arte. Uma definição de Arte em enciclopedia é complicada, não acho que houve má fé do/s autor/es, podemos perceber uma grande paixão pelo tema, mas o texto ainda tem problemas sérios. aleph73


Legal!!! acho que falar sobre arte em uma enciclopedia, realmente é uma coisa muito interessante, podemos mostrar a evolução dos conceitos artisticos, ou seja só sobre conceito arte! porque só o conceito que conseguiremos aprisionar em palavras. Os artigos serão sempre modoficados,mas nem por isso podemos desmerecê-los, quem sabe um dia!!! tomara que não!!! chegaremos a um concenso. outra coisa os primitivos, pintavam nas cavernas como uma referencia de ordem, tiradas da natureza. D´julia Gangary


Fiz umas modificações, especialmente no começo, na tentativa de melhorar a situação. Mas acredito que ainda precise de outras tentativas. Os verbetes em inglês e especialmente em espanhõl estão bem interessantes.--Aleph73 20:28, 23 Fevereiro 2006 (UTC)


Bom pessoal... é realmente uma tarefa de monge tentar achar uma definição pra arte que não seja discutivel... acredito que tem de ser da maneira mais objetiva e simples possivel... qualquer outra tentativa de explicar sempre caberá margem pra interpretação pessoal. Gostei de "Definição: Meio de Comunicação através de representações entre duas ou mais pessoas." acho que a melhor maneira de definir em uma enciclopedia seria isso. Dae se vcs quiserem deixar o artigo mais transado com uma bossa e tal podem falar sobre os periodos da arte historia.... tanto pq se eh enciclopedia tem q ser objetivo...e a unica maneira de ser objetivo na arte eh contando sua historia... 0 resto é imaginação. vlw aew galera... abraços a todos!

HUMANAS NÃO É EXATAS[editar código-fonte]

A área de humanas é bem divergente em pontos de vistas, matamática é 1+1=2, porém há muitos que pensam que são "donos da verdade suprema" e não levam em conta que base de pesquisa essa pessoa pode ter consultado, ou em que nível de estudo ele fez, não estou falando que este está certo ou errado, mas devemos saber que em área de humanas nunca se consulta uma mesma base de informações, sempre deve-se consultar outras fontes de estudo e colocar informações que mais batem (apesar de que todos falava, que a Terra era quadrada e depois descobriu-se que a Terra era redonda), e nunca criticar se a base está errada, mas pesquisar bases mais sólidas do que o artigo exposto e nunca ficar preso em uma só base de pesquisa, pois o Wikipédia pode ser alterado da forma que desejarmos, mas devemos sempre pesquisar e expor no Wikipédia a verdade dos fatos que se sucederam.

  Neste definição não da para saber o que é bem a arte .tem que ser mais explicito.

Não precisa ser bloqq[editar código-fonte]

desbloqueei este artigo, acho que nao precisa ser bloqueado.o comentário precedente não foi assinado por 189.55.192.243 (discussão • contrib.) Gunnex 12h18min de 26 de Fevereiro de 2008 (UTC)

Wikipedia:Administradores podem proteger e desproteger uma página. A página foi protegida até 17 de fevereiro (ver também registro). Mesmo assim, obrigado por ter tirado o aviso redundante. --Gunnex msg contrib 12h18min de 26 de Fevereiro de 2008 (UTC)

O Lado Racional do Cérebro não pode explicar a ARTE[editar código-fonte]

Não que não haja explicação, mas ela está fora do alcance das palavras. Qualquer tentativa de explicar ARTE a partir de texto está sujeita a desvios, diminuição de sentido e silogismos incompletos. Mas Existem critérios Fixos pra arte SIM. Procurem no lado direito do cérebro, pra ele faz sentido. Inclusive, pra quem ainda não percebeu a utilidade da ARTE, a principal é fazer o ser Humano se perceber como um todo, não cartesianamente. Se entender como um todo é ser capaz de compreender além da Lógica (estes míseros 10% de nosso cérebro - 'dado impreciso').

Não digo que isso é uma definição, nem a única função. Apenas pra explicar a "Utilidade Maior" que não deve ser descartada. Isso é Útil, pois necessário!

ACEITEM que as palavras não explicam a totalidade da ARTE. Tentem compreende-la sem precisar disso! A ARTE independe de explicação lógica. E nos faz superar a limitação de tais explicações, uma lição que Ultrapassa a Arte e Segue para toda Vida! A ARTE Salva. quer mais utilidade que isso?

Não digo pra pararem de definir. apenas pra se conformar com a incomplitude e limitação do nosso prozáico vocabulário.o comentário precedente não foi assinado por 200.253.48.132 (discussão • contrib.)

Sabias palavras, seriam melhores ainda se compreensíveis a pobres mortais como eu. Você é do RJ? -- Jo Lorib d 23h25min de 31 de Março de 2008 (UTC)
Com todo respeito, me privo do direito de ACEITAR que a arte não possa ser explicada com palavras. Obviamente para isso, considero que, "ler em um jornal que o atleta saltou 9 metros sobre um vulcão", não me leva a sentir o que o atleta sentiu, mas me permite compreender. Assim como entender uma situação artística ou a arte em palavras jamais será "sentir a arte" (ainda mais se considerarmos a unicidade que ela possui). Para reforçar o que digo nao pouparei do caro amigo a reflexão, explicando aqui detalhadamente, mas indico que proceda uma dialética sobre o tema, e logo perceberá que certas coisas não poderão ser senão obras de arte.--Guilherme JL (discussão) 02h36min de 27 de Setembro de 2008 (UTC)

Justificativa de retirada de texto do verbete[editar código-fonte]

Retirei o texto abaixo do verbete Arte por entender que é uma opinião, e não uma demonstração neutra quanto à arte.

[editar] Comunicar a emoção

- A arte pode despertar sentimentos morais ou estéticos, e pode ser entendida como uma forma de comunicar esses sentimentos. Artistas expressar algo para que seu público é despertada, em certa medida, mas eles não têm de fazê-lo conscientemente. Art. explora aquilo que é vulgarmente designado como a condição humana que é essencialmente o que é ser humano. Eficaz art frequentemente traz qualquer nova visão relativa à condição humana individualmente ou en-massa, o que não é necessariamente sempre positiva, ou necessariamente amplia os limites de capacidade colectivos humanos. O grau de habilidade que o artista tem, irá afectar a sua capacidade de desencadear uma reacção emocional e, assim, proporcionar novos conhecimentos, a capacidade de manipulá-las à vontade exemplar mostra habilidade e determinação.

FabioSJ (discussão) 14h13min de 16 de Abril de 2008 (UTC)

Exemplos[editar código-fonte]

Para considerar efeitos de atribuição de valor a arte, ou mesmo efeitos estéticos, devemos ter em conta a reprodutibilidade. A concepção da obra é modificada quando se alterou (e continua alterando) o processo de comunicabilidade que esta adquiriu. Deste modo temos situações em que a arte não possui valor artístico por ser arte, mas sim por ter necessidade de ser reproduzida e comunicada .Como um filme que custe 150 milhões de dólares na sua produção, só será realizavel tendo como pré-suposto que atingirá uma grande quantia de espectadores que custearão posteriormente sua criação. Tal filme jamais seria sequer imaginado filosoficamente sem tal consideração nos moldes de hoje (a não ser que um Bill Gates desejasse, para puro prazer egoísta realizar algo assim e assistir sozinho a arte, retomando seu valor ritualistico e eterno). Portanto, resumindo meu parecer, temos que ter cuidado especialmente com os exemplos quando existem artes anteriores a reprodutibilidade, artes que surgiram durante, e artes nos moldes atuais da reprodutibilidade. Quando se diz: "Mona Lisa tem um grande valor? Ou até mesmo: por que as obras de Shakespeare são tão famosas e tidas como as melhores do mundo? E até: por que várias músicas do Beatles são tão prestigiadas?", o exemplo é compreensivel, mas a comparação é indevida. O momento que atribuiu valor a Mona Lisa, e sua consepção em sí não pode ser comparado com o momento (já de grande interesse capitalista) em que houve a concepção da obra beatle. Não estou desmerecendo nehum nem outro (aprecio ambos - por sinal), mas devemos ter em conta a diferença. A acessibilidade a obra beatle como foi, e para que foi concebida é infinitas vezes maior que a da Mona Lisa (em que o autor nem pensava muito nisso dadas as capacidades da época) e mesmo que tentemos justificar dizendo: "de igual modo faço um download de beatles e da Mona", é inconcebivel pois o material original de um pode ser adquirido, enquanto o outro será mera cópia, desnuda de "aura" artística (conforme conceitos de Benjamin e Adorno).


Arte: conceito aberto![editar código-fonte]

Primeiramente, gostaria de dizer que há muitos comentários nessa discussão, e, lógico: é produtivo que assim ocorra. Porém, "Arte" é um conceito aberto... Assim como "Vida", "Amor", etc.

O que podemos afirmar é que: - Não existe evolução na Arte! Exemplo: as pinturas rupestres não são inferiores as pinturas abstratas contempôraneas.

- Tanto no artigo como nas discussões faltou utilizar mais uma "palavra-chave": expressão! Arte contém em si e em sua produção a expressão. Também, a comunicação, porém é uma comunicação que toca no âmbito do universal, do social, do histórico, e, transmite algo transcendente que chega a mentalidade e nos traz reflexão (daí temos a subjetividade).

- A Arte esta interconectada à Religião, à História (processos de transformações sociais ao longo do tempo). Tende a refletir pelo menos em parte o "espírito do tempo"(Zeitgeis). Na Arte ou no "construir artístico" há Ciência, exemplo: a Matemática na Arquitetura, a Química nas tintas e diversos materiais, etc.

Agora cito: "Tenha cuidado de que o afã de lucro não prevaleça sobre a honra da arte." Leonardo Da Vinci. "A Arte diz o indizível; exprime o inexprimível; traduz o intraduzível." Leonardo Da Vinci. Essa frase escrita a 5 séculos aproximadamente é uma explicação muito completa sobre a Arte! --APRENDIZFILÓSOFO (discussão) 22h46min de 2 de setembro de 2009 (UTC)

Uso de "nosso"[editar código-fonte]

Tetrakys, julgo que o uso de "nós" e "nosso" não é compatível com um tom enciclopédico. --DReispt msg 08h21min de 15 de maio de 2012 (UTC)

bem, vc pode alterar o texto com um termo que julgar mais adequado.Tetraktys (discussão) 08h33min de 15 de maio de 2012 (UTC)

O artigo The arts precisa ser traduzido para completar Portal:Conteúdo/Temas gerais/Cultura e as artes. Alguém se habilita?JMGM (discussão) 20h30min de 5 de maio de 2013 (UTC)

Este artigo é EUROCÊNTRICO AO EXTREMO[editar código-fonte]

Ele deveria se chamar "Arte ocidental". Ele fala como se tudo girasse em torno da Europa. Arte é algo humano. Universal. Temos que sair dessas classificações e história estritamente ocidentais. Isto é a Wikipédia! Vamos fazer algo bom e para todos! 21h05min de 16 de fevereiro de 2014 (UTC)

vc tem razão. mas nenhum artigo da wikipédia é considerado acabado e está sempre aberto a melhorias. sinta-se livre para ampliar o texto universalizando sua abordagem. lembre apenas de sempre trazer fontes fidedignas para sustentar as informações. abz! Tetraktys (discussão) 23h43min de 16 de fevereiro de 2014 (UTC)