Discussão:Cannabis (psicotrópico)/Arquivo/2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Renomear[editar código-fonte]

Proponho renomear Cannabis (psicotrópico) para Maconha. Sei que há vários nomes populares e "maconha" é um deles, mas o uso desse termo é muito maior que todos os outros. Existe a "Marcha da Maconha", não a "Marcha da Cannabis", o uso do termo "maconha" na cultura popular (canções, piadas), na mídia e até nas universidades é muito maior. E a justificativa para a mudança de nome foi somente "padronização" com outras Wikipédias. Além de tudo o termo sem desambiguação é preferido. Se em Portugal "Cannabis" é mais usado e maconha não existe, eu retiro o que disse. Diga Sério Comendador (discussão) 16h06min de 10 de agosto de 2013 (UTC)

"Maconha" é um termo do português brasileiro e não existe em outras variantes do idioma. Por esse motivo renomeei o verbete, para não favorecer qualquer termo regional. Chronus (discussão) 16h08min de 10 de agosto de 2013 (UTC)
Eu acho estranho entanto a falta de padronização com a Categoria:Maconha e todos os itens dela. Aguardo fontes sobre o uso dos nomes em outras variantes, e a opinião de outras pessoas, até la, por favor, deixe o aviso sobre a proposta de renomear. Diga Sério Comendador (discussão) 16h10min de 10 de agosto de 2013 (UTC)
Não há o que ser discutido, meu caro. O termo não existe no português europeu e ponto. Inclusive, o usuário Polyethylen D​ C​ E​ F, que é português, alterou o nome do verbete Legalização da maconha justamente pelo mesmo motivo (veja a justificativa dele no sumário). Lembre-se: essa Wikipédia é lusófona, não brasileira. Por fim, o verbete está nesse momento passando por uma avaliação na EAD, tenha respeito por isso e não o torne instável, por favor. Chronus (discussão) 16h16min de 10 de agosto de 2013 (UTC)
Maconha é usado exclusivamente no Brasil. Mais importante do facto de onde determinado termo é usado, trata-se de um termo coloquial e mesmo que a wikipédia fosse exclusivamente brasileira deveria ser preterido em favor de cânabis|canábis. A categoria deve ser renomeada. Polyethylen (discussão) 16h53min de 10 de agosto de 2013 (UTC)
Concordo, mas qual é o termo mais utilizado no português europeu? Canábis, cânabis ou Cannabis? Cainamarques 17h57min de 10 de agosto de 2013 (UTC)

Acho que nem seria necessário que o livro de estilo (ou será apenas WP:AD??) recomendasse que os artigos privilegiem uma norma culta da língua... Ou que, nos casos em que um termo é praticamente desconhecido numa das variantes de português, se tente encontrar um termo mais facilmente reconhecido em todas as variantes. É do mais elementar bom senso que numa enciclopédia de qualidade devem preferir-se as normas cultas em detrimento do coloquial, embora este deva também ser referido. As discussões sobre "qual é o termo mais utilizado" estão sempre feridas de inevitável parcialidade e de outras coisas como desconhecimento. E a parcialidade está longe de ser apenas entre os dois lados do Atlântico, muitas vezes depende de outros regionalismos, grupos sociais, vivências, nível cultural, interesses, etc. Neste caso, temos a "sorte" de haver um termo científico, então para quê discutir? --Stegop (discussão) 19h17min de 10 de agosto de 2013 (UTC)

  • Symbol declined.svg Discordo da renomeação para "Maconha"! Não se usa em Portugal. Também não achariam bem que se propusesse um dos termos portugueses como título do artigo. Do modo como está é neutro, pelo que deve permanecer assim! BelanidiaMsg 20h50min de 28 de agosto de 2013 (UTC)

Curioso[editar código-fonte]

É curioso que o artigo não tem nenhum afluente no domínio principal. OTAVIO1981 (discussão) 12h58min de 16 de agosto de 2013 (UTC)

Eu o renomeei recentemente. Não seria isso? Chronus (discussão) 19h52min de 16 de agosto de 2013 (UTC)

Cannabis e homeopatia[editar código-fonte]

Face a reversão de texto considerado mal escrito e sem fontes por um editor que se autodenomina Chronus - mais especificamente a correção do texto onde acha que corrigiu o que entendia - não foi erro de ortografia ou gramática (e se foi ele não foi capaz de indicar). Quero destacar aqui que corrigiu negligentemente (se era ruim ficou pior) - reclamo principalmente do fato que cortou uma das partes mais importantes do texto - alegando agora que sem fontes.

Se fosse mais gentil e tivesse uma intenção didática e de cooperação poderia ter indicado [carece de fontes?]

O que ele considerou sem fontes foi:

Bontempo, (1980), [86] destaca o uso da Cannabis sativa para o tratamento "doenças mentais" (psicose, histeria, delirium tremens, impossibilidade de prestar atenção (TDAH?), bruxismo e outros sintomas) onde destaca seu uso, por excelência, para insônia (em dose de 5 a 15 gotas da tintura-mãe); doenças (e sintomas) neurológicos (epilepsia, no pequeno mal, enxaqueca, vertigens) além da indicação para algumas formas de doenças cardíacas e distúrbios do aparelho reprodutivo e urinário incluindo infecções.

Observem que começo com a referência do livro: Bontempo, Márcio. Estudos atuais sobre efeitos da Cannabis sativa (maconha). SP, Ground, 1980, p. 11-14

para que não haja dúvidas transcrevo em seguida as páginas 11 a 14 na íntegra para que ele observe como resumi e faça melhor se puder - caso não faça = terei que refazer ou colocar em votação por outros editores.

Lê-se no citado livro que ele considerou fonte inexistente:

Baseado na máxima de Hipócrates Similia similibus curentur, ou seja, semelhante cura semelhante, a Homeopatia é um sistema médico que interpreta as doenças como sendo um mero distúrbio do veículo vital e as trata por meio de medicamentos capazes de produzirem um quadro semelhante de sinais e sintomas, (similia), característicos da doença em questão. A cura viria então devido à energia curativa liberada desse medicamento através de técnica especial farmacêutica denominada de dinamização, energia esta que provocaria no organismo uma reação natural de cura por meio de atividade hiperfísica.

Como exemplo, podemos citar o café, capaz de produzir hiperexcitação e insônia e, uma vez dinamizado, passaria a curar esses distúrbios. A ipecacuonha, capaz de produzir vômitos, é capaz de curá-los, quando manipulada homeopaticamente. E assim os exemplos se seguem.

Esse princípio do semelhante cura semelhante é conhecido milenarmente e era fato corriqueiro. Haja vista o hábito de dar os mesmos venenos, que os inimigos usavam em suas flechas, aos soldados, em pequenas doses na sua alimentação antes das batalhas.

O uso da cannabis na Homeopatia segue os mesmos princípios e ela é indicada, (depois de preparada, ou dinamizada), segundo o quadro clínico que determina, pois, em Homeopatia, a escolha do medicamento se faz segundo a identificação entre esse quadro medicamentoso e o quadro clínico do indivíduo, em que se buscam os elementos comuns, os mesmos que irão definir a escolha correta do agente terapêutico. Assim, temos como características da cannabis, que nos conduzem no sentido do seu uso homeopático, os efeitos típicos da Cannabis índica e da Cannabis sativa:

Os sintomas mais marcantes são mentais: grande exagero, excessos, julgamento precipitado, sensibilidade exagerada, "os minutos parecem anos", "alguns passos parecem milhas", as idéias amontoam-se e confundem-se no cérebro, as coisas parecem enormes, impossibilidade de concentrar a atenção, dispersão, idéias fixas, psicoses, medo de enlouquecer, extrema loquacidade, risos e gritos imoderados como reação a um estímulo verbal qualquer, ilusôes espectrais, esquecimento das próprias palavras e idéias, sensação de levitação.

Segundo o Dr. W. Dewey: "Nas formas obstinadas e intratáveis de insônia, Cannabis é um dos melhores remédios, em dose de 5 a 15 gotas da tintura-mãe"

Usos mais-comuns na Homeopatia, em suas diversas dinamizações:

- Delirium tremens - Histeria - Epilepsia, no pequeno mal - Impossibilidade de prestar atenção - Idéias fixas - Psicoses - Dor de cabeça - Enxaqueca com flatulência - Insônia, estando morto de sono - Sensação de água gelada gotejando entre as espáduas - Ranger de dentes durante o sono - Lumbago constante sem agravação ou melhora - Sonolência invencível durante o dia ou após as refeições - Vertigens

- Doenças cardíacas - Blenorragia aguda - Dores queimantes da bexiga, antes e depois da evacuação - Dores queimantes da uretra e bexiga antes e depois de urinar - Uretra sensível ao toque ou palpação - Inteligência fraca - Gagueira - Espermatorréia - Dores nos rins que se irradiam para a região inguinal - Asma com muita falta de ar - Moléstias da planta dos pés e dos dedos dos pés em geral - Catarata - Opacidade da córnea - Dor lombar após o coito - Sonambulismo com alucinações e sonhos eróticos - Movimentos involuntários da cabeça - Vício de morfina - Medo de enlouquecer - Inteligência fraca -Incoerência de pensamentos com muito exagero e esquecimento - Sensação de formigamento nos órgãos genitais - Ereções excessivas (não é o mesmo que priapismo) - Albuminúria supurativa aguda

Bontempo, Márcio. Estudos atuais sobre efeitos da Cannabis sativa (maconha). SP, Ground, 1980, p. 11-14

Caso persista a dúvida de que esse estudo de livro publicado pelo Dr Márcio Bontempo (autor de pelo menos 10 outros livros) não é uma referência válida ver também.

Artigos a ser comprados:

... of homeopathy Samuel Hahnemann wrote in 1797: “Although until now only the seeds are used, other parts of the plant seem to be more effective and deserve more attention” (p. 266). Cannabis sativa (indigenous European hemp) was one of the first homeopathic medicines. ...

in: Franjo Grotenhermen, M.D. The Medical use of Cannabis in Germany

... 21 important medicinal plants of homeopathy were selected with the help of available literature and discussion with the homeopathic practitioners. ... Medicine name: Cannabis Sativa ... Uses inHomeopathy: Constipation, respiratory disorders, urinary affections, gonorrhoea. ...

in: Kumar Mukesh, Semwal. Homeopathic Medicinal Plants of Sarsainawar of Etawah District of Uttar Pradesh, India—A Preliminary Survey. Vegetos- An International Journal of Plant Research. 2010, V 23 (27-33)

Outra informação relevante que foi cortada descrevia que a o uso homeopático - que também pode ser entendido por efeito homeopático - distingue o uso das variedades da Cannabis índica e C. sativa.

A natureza "paradoxal" do efeito homeopático é o que me fez colocar inicialmente o parágrafo que escrevi em ===outros efeitos=== mas ficou bem onde está agora (uso medicinal) - com a referência colocada pelo citado editor, de que a homeopatia é uma medicina alternativa - apesar dos homeopatas, com todo respeito que merecem, não gostarem desta classificação - o termo usado pelo Ministério da Saúde é Medicina Complementar - contudo acrescentei isso no verbete Medicina alternativa com duas referências citadas (ver histórico)

--CostaPPPR (discussão) 00h29min de 21 de julho de 2014 (UTC)

CostaPPPR, sugiro que entenda o processo de edição antes de sair por aí esbravejando coisas sem sentido. E, por favor, não use essa página como meio de propaganda para a pseudociência que defende. Esse artigo é destacado, o que significa que ele foi eleito um dos melhores trabalhos da Wikipédia lusófona e que segue um padrão próprio em relação a ilustração e referenciação. Por favor, leia nossa política de referenciação para compreender melhor nossas recomendações e entenda que todas as frases que adicionar devem estar cobertas por fontes, o que não aconteceu em sua edição. Questiono também a validade/relevância desse tipo de conteúdo em um artigo sobre este tema. Chronus (discussão) 00h47min de 21 de julho de 2014 (UTC)

Reverti também esta nova secção. Para além da afirmação de que a substância "é usada na homeopatia", o resto do texto é confuso, vago e pouco ou nada claro e entra em detalhes sem qualquer relação com o tópico. Nem sequer percebo onde se pretende chegar. Lembro que este é um artigo destacado... Antero de Quintal (discussão) 00h48min de 21 de julho de 2014 (UTC)

Melhor assim ficou mais claro a intenção.

Entendo que o preconceito é contra a homeopatia. Dizer que a identificação precisa em um livro clássico é uma informação <sem fontes>. é não querer entender.

Eu citei o Organon (ver versão em português) e um autor que identifica a data da nota de Hahnemann em outra publicação dele derivada ("The Fragmenta") assim:

...quanto ao uso da cannabis

Sua utilização nessa especialidade da medicina se deve ao próprio Samuel Hahnemann (1755-1843) em 1796. Peter Morrell, Organon no Google Books

a fonte foi: HAHNEMANN, Samuel Organon of Homœopathic Medicine. New York, William Radde, 1849] Consulte o link e vc vai à página onde é citada no Google Livros

Explico adiante o § - Artigo onde a planta foi referida:

É citada no artigo do Organon que trata da auto-experimentação de medicamentos para descoberta dos "análogos morbíficos adequados" à cura pela lei dos semelhantes.

Destaco a particularidade do efeito homeopático e uso de outras substância oriundas de plantas psicoativas no tratamento de Doenças Mentais, citando fonte de revista indexada (a referência a outras plantas é importante para que se compreenda o potencial de utilização da homeopatia em psiquiatria - e que esta não deve se limitar aos ditames da industria farmacêutica). Estou explicando isso para leitores que não conhecem o contexto da utilização da homeopatia, não sabem o que é efeito paradoxal e muito menos sabem de sua utilização em psiquiatria. Se não fosse isso basta as indicações clínicas do efeito homeopático indicadas pelo autor que citei antes e para comprovar copiei a página inteira e colei acima - para que veja de uma forma mais clara que cada palavra foi referenciada. Espero que fique esclarecido que não foi - sem fontes- se o Sr. não aceita a referência isso é outro problema seu e não dos Homeopatas que continuam exercendo sua clínica, há mais de dois séculos, indiferentes a nossa opinião. Ao meu ver merecem respeito e ter sua teoria no mínimo estudada e referida.

Continuando o texto excluído: ver abaixo incluí essa referência facilitadora do entendimento da especificidade do efeito homeopático e como evidências favoráveis à sua utilização em psiquiatria:

PDF TEIXEIRA, Marcus Zulian. Tratamento homeopático dos distúrbios emocionais e comportamentais da infância e da adolescência. PEDIATRIA (SÃO PAULO) 2008;29(4):286-296 Acesso em Jul. 2014

Se isso é considerado sem referências ??? - Paciência!

CostaPPPRMsg 20 de julho de 2014 (UTC)

Assim sendo apesar de ter discordado da exclusão do parágrafo supracitado (ver histórico) e texto acima citado e comentado.

Considerando que nenhum outro editor / leitor concordou com minha proposição. Melhor, rever a redação e situar a explicação sobre o uso em homeopatia em página mais específica sobre Efeitos da cannabis à saúde. Faço isso porque considero relevante essa prerrogativa de uso (centenário) inclusive com algumas co-incidências para proposições clínicas atuais (epilepsia, insônia) além de ser mais uma contribuição sobre o controverso efeito sobre a saúde mental. Espero que se reconheça pelo menos o valor histórico dessa informação assim, como foi a citação que fiz do Dr. Jacques-Joseph Moreau, 1845.

Nesta página deveria constar pelo menos que a substância/planta "é usada na homeopatia", como sugerido p/ Antero de Quintal mas ainda não vi exatamente onde. Penso que deixei claro que a planta foi e ainda é usada, observe-se também, que sob a forma de tintura a planta também possui uma utilização ilícita em alguns países (Green Dragon).

Grato pela atenção/oportunidade e que todas as páginas da wikipédia sejam como esta.

--CostaPPPR (discussão) 19h11min de 15 de agosto de 2014 (UTC)

Esqueci de dizer: o dito paragrafo mal-escrito e sem fontes, foi transferido para página: Efeitos da cannabis à saúde (Homeopatia), aproveitei e dei um concertada em outras partes do artigo (ver histórico), classifiquei formatei referências, com atenção especial para história do uso médico da planta. Em nome da ciência & por uma política de paz --CostaPPPR (discussão) 11h42min de 25 de novembro de 2015 (UTC)

"Colaboração 420" (cannabis / marijuana) em Wikipedia Inglês[editar código-fonte]

Perdoe minha post em inglês, mas eu gostaria de informar Pt.wikipedia que estamos tendo uma iniciativa de duas semanas para melhorar a cobertura de cannabis em En.Wikipedia. Goonsquad LCpl Mulvaney (discussão) 22h17min de 16 de abril de 2017 (UTC)


Cannabis leaf 2.svg

You are invited to participate in the upcoming

"420 collaboration",

which is being held from Saturday, April 15 to Sunday, April 30, and especially on April 20, 2017!


The purpose of the collaboration, which is being organized by WikiProject Cannabis, is to create and improve en:cannabis-related content at Wikipedia and other Wikimedia projects in a variety of fields, including: culture, health, hemp, history, medicine, politics, and religion.


For more information about this campaign, and to learn how you can help improve Wikipedia, please visit the "420 collaboration" page.