Discussão:Imigração italiana no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrela de artigo destacado Imigração italiana no Brasil é um artigo destacado; o que significa que ele (ou uma versão anterior) foi identificado como um dos melhores artigos produzidos pela comunidade da Wikipédia. Apesar disso, se puder actualizar ou melhorá-lo, por favor, faça-o.
Etapas passadas por este artigo
Data Processo Resultado
1 de fevereiro de 2007 Candidato a artigo destacado Não promovido
26 de abril de 2008 Candidato a artigo destacado Promovido
27 de maio de 2014 Revalidação de artigo destacado Despromovido
11 de março de 2015 Candidato a artigo destacado Promovido
Estatuto actual: Artigo destacado
Stop hand nuvola.svg A Wikipédia não é um fórum para expor ideias, conceitos, crenças ou críticas variadas.
A página de discussão serve apenas para discussões sobre o conteúdo da página em questão. Mensagens fora desse propósito poderão ser removidas da página.
Sobre este ícone Discussões arquivadas

Este artigo possui as seguintes páginas de discussão arquivadas:

Arquivo: 1·

Alteração da predefinição inicial[editar]

@Chronus:Não discordo totalmente desta alteração. Ainda bem que você manteve a anterior no texto, que tem um bom formato, no meu entendimento. Mas tenho algumas considerações. A começar pelas imagens. Quando este é o tema, é sempre polêmico, pois cada editor tem suas preferências. Eu, por exemplo, trocaria uma das modelos pelo Mazzaropi (apesar de bem mais feio)Alegre. Outra consideração é referente aos números. 30 milhões de descendentes parece ser um número referenciado e bem aceito no artigo, porém, pelo fato de sua fonte ser de 2006, fiquei em dúvida. Mas enfim, esta fonte citada no artigo (na primeira tabela do artigo) informa na página 44 que entre 1870 e e 1970 (abrangendo, portanto, todo o período de imigração que se deve considerar), entraram no Brasil 1,5 milhões de italianos. Não confundir com os 1,5 milhões que sua fonte menciona, que é o número de então (2006) de descendentes italianos em Minas Gerais. Penso ser adequado inserir estes dados e talvez "puxar" a fonte que mencionei para a predefinição. Desta forma haveria uma coerência entre o texto do artigo e as informações da info que você colocou. O que acha?
PauloMSimoes (discussão) 14h44min de 8 de fevereiro de 2015 (UTC)

Olá, Paulo. Acho importante manter a infobox que adicionei. Ela é informativa e é o padrão em grupos étnicos/raciais aqui na Wiki. No entanto, sinta-se livre para incluir o Mazzaropi ou qualquer outra personalidade ítalo-brasileira que julgue ser mais relevante para o nosso contexto do que as que estão atualmente aí. Vou fazer ajustes nos números. Obrigado! Chronus (discussão) 04h01min de 9 de fevereiro de 2015 (UTC)
De acordo. Mazzaropi deve voltar. É um ator ítalo-brasileiro que personificou de forma notável o caipira brasileiro. Outra consideração quanto às imagens: penso que seria melhor evitar começar com tantos políticos (sempre há os prós e os contras). Por que não começar com artistas, que certamente têm mais preferências unânimes? Pedrassani (discussão) 02h45min de 12 de fevereiro de 2015 (UTC)


Revisão para inclusão como destacado[editar]

@Chronus:Sim, existem mais de 140 fontes, cobrindo praticamente todo o texto e creio que muito poucas estejam inativas e nenhuma por formatar algumas precisam de formatação. Eu, particularmente fiz uma revisão geral das fontes entre dez/2013 e abr/2014, que estavam um caos. Se algo precisa melhorar, vamos adiante.
PauloMSimoes (discussão) 16h28min de 9 de fevereiro de 2015 (UTC)
@PauloMSimoes:: Comecei a fazer ajustes e a "enxugar" o verbete, visto que ele ultrapassa o limite de 190 kB imposta pela WP:EAD. Criei o verbete Imigração italiana em São Paulo. Me ajude a referenciar os trechos que ainda estão sem fontes. Chronus (discussão) 16h37min de 9 de fevereiro de 2015 (UTC)

@Chronus:Aquela referência em José Serra na info, não poderia ser removida? Acho que o texto trata de um outro assunto específico, a frase que se refere à ascendência de Serra está muito abaixo no texto e o título que você colocou não é o título que está na fonte. Coloquei uma referência no artigo José Serra que é mais objetiva sobre este assunto. Acho que aqui não há necessidade de colocar fonte. O mesmo se aplica para a referência na imagem de Luiz Felipe Scolari. Não vejo necessidade de colocar uma fonte em inglês para confirmar sua ascendência (que aliás não é muito fácil encontrar no texto), sendo que no próprio artigo de Scolari isto está bem evidente.
PauloMSimoes (discussão) 11h47min de 10 de fevereiro de 2015 (UTC)

Por que retirar essas fontes? Deve-se comprovar que eles são realmente ítalo-brasileiros, não? Chronus (discussão) 21h06min de 10 de fevereiro de 2015 (UTC)
A meu ver, na tentativa de diminuir o artigo, alguns erros foram cometidos. Na parte sobre imigração italiana no Nordeste, foram retiradas diversas informações sobre a imigração do século XX, a mais numerosa, enquanto informações desnecessárias sobre o Brasil colônia foram mantidas. A parte sobre a Bahia, que abriga a maior colônia italiana do Nordeste, foi simplesmente removida. Xuxo (discussão) 01h48min de 12 de fevereiro de 2015 (UTC)
@Xuxo:Os textos não foram suprimidos, mas sim transferidos para artigos principais. O texto sobre Norte e Nordeste tinha onze parágrafos antes, que foram reduzidos a quatro parágrafos. Os demais foram incorporados ao artigo principal Imigração italiana nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. E assim está sendo feito com as demais seções. Nada está sendo suprimido.
PauloMSimoes (discussão) 02h13min de 12 de fevereiro de 2015 (UTC)
Agradeço o comentário PauloMSimoes. É exatamente isso. Nada foi suprimido. Xuxo, agora que tais subtemas têm artigos próprios, o texto que permanece aqui tem apenas um caráter introdutório. É um processo de desembreamento comum na Wikipédia e foi feito porque, além do verbete estar de fato demasiadamente extenso, era preciso adequá-lo aos critérios da WP:EAD. Chronus (discussão) 06h26min de 12 de fevereiro de 2015 (UTC)
Então voto por retirar a parte que fala do Brasil colônia, que não tem nada a ver com a imigração italiana. Nem sei quem colocou aquilo. Ademais, gente, uma foto de Lula e outra da Dilma num único artigo sobre imigração italiana...voto por escolher outras fotos para não parecer propaganda de político. Xuxo (discussão) 04h03min de 14 de fevereiro de 2015 (UTC)
Cara, o governo de ambos está indo para 16 anos de duração. Não tem qualquer relação com "propaganda de político". É a história do país. Chronus (discussão) 04h12min de 14 de fevereiro de 2015 (UTC)
Chronus e PauloMSimoes, a família Cavalcanti não pode contar como parte da imigração italiana? 191.185.194.249 (discussão) 11h36min de 14 de julho de 2015 (UTC)

────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────@191.185.194.249:Existem dezenas de famílias importantes que vieram para o Brasil, como os Crespi, Matarazzo,e outras. Este artigo já foi reduzido para se enquadrar nos critérios de WP:EAD. Penso que possa ser criada uma lista específica, por exemplo, "Lista das famílias italianas no Brasil" com todas as famílias "verbetadas" ou mesmo um artigo próprio.
PauloMSimoes (discussão) 22h25min de 14 de julho de 2015 (UTC)

Destaque a imigração paulista[editar]

Gostaria de relatar um problema que é um pouco subjetivo para ser avaliado, mesmo assim preciso relatar: A impressão que tenho é que este artigo se concentra muito mais na imigração para São Paulo do que para o Brasil propriamente dito. Sei que o maior número de imigrantes foi para São Paulo, mas nesse estado os imigrantes se incorporaram a população local que era muito mais numerosa que a dos imigrantes, desta forma os italianos não tiveram o mesmo impacto sobre o estado se comparado com o que ocorreu no Sul do Brasil por exemplo. No Sul os italianos eram o grupo dominante, quase não existiam "brasileiros" nas terras do Sul antes dos italianos chegaram. O território colonizado pelos italianos no Sul era uma cópia da própria Itália com algumas pitadas de brasileiros. Já em São Paulo é um território brasileiro com algumas pitadas de italianos. Essa situação do ponto de vista antropológico gera muito mais assunto a ser estudado do que no caso de São Paulo, mas estranhamente esse volume de material não se refletiu no artigo. Objetivamente isso pode ser medido através da quantidade de linhas que se destacou a imigração italiana em São Paulo comparado com o restante. comentário não assinado de 200.180.114.162 (discussão • contrib) -- Chronus (discussão) 19h27min de 18 de agosto de 2015 (UTC) (UTC)

Os italianos nunca foram e nem são o grupo dominante no Sul, nem em lugar algum do Brasil. Algumas regiões do Sul não tiveram nenhuma imigração italiana, como na Campanha Gaúcha. Apenas São Paulo chegou a ter uma maioria de italianos e filhos, mas já não tem, por causa das migrações internas. E falar que não existiam pessoas no Sul antes da imigração italiana é um delírio completo. Xuxo (discussão) 21h47min de 20 de agosto de 2015 (UTC)