Discussão:Lei Maria da Penha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Lei Maria da Penha[editar código-fonte]

A lei Maria da Penha também cabem críticas, com base, inclusive, em sites feministas [1] e no texto da juíza do trabalho Marli Nogueira [2] . Como sou totalmente contrário a violência conta a mulher, acreditando em penas bem maiores que as previstas no texto da lei, por subsequência, acredito na carta Magna, sendo totalmente contrário a violência contra o homem e a criança também. Desse modo, detectei uma tendência política claramente esquerdista na edição do tópico, feita pelo usuário Adailton [3], ele próprio, comunista declarado. Caro Sr. Adailton, obséquio não transforme a Wikipedia em palanque de ideologias políticas. Respeite o princípio da imparcialidade.

--Bebeto maya (discussão) 08h22min de 26 de Julho de 2008 (UTC)

A recíproca é verdadeira, sr. Bebeto maya. Quando tiver críticas a lei, com fontes fiáveis, serão bem vindas. Adailton msg 09h13min de 26 de Julho de 2008 (UTC)
Caro Sr. Adailton, desde quando http://www.spmulheres.gov.br/ é fonte fiável? Inclusive citei fonte vinda de uma
ong feminista. O seu conceito de "fonte fiável" mostra-se bastante pessoal, pois eu apenas equilibrei o texto com críticas, ::existentes e bem embasadas, de um segmento da sociedade, o Mídia Sem Máscara, que constitui um contraponto do seu ponto de vista ::socialista. A não ser que o senhor seja adepto do cliché "machista e patriarcal", para se referir à conteúdo que não lhe ::agrade. Ainda coloquei mais links.
Atenciosamente,
--Bebeto maya (discussão) 11h52min de 28 de Julho de 2008 (UTC)

Criticas[editar código-fonte]

Não entendi o que querem com esse tópico. É critica da lei ou é só pra dizer que tem homem que também apanha ? Tumnus msg 12h42min de 28 de Julho de 2008 (UTC) "Gostaria de esclarescer uma dúvida: Com o homem preso por violéncia doméstica, como nós mulheres que ñ trabalhamos fora de casa, nos dedicamos aos nossos filhos 24 hr, como iriamos sobreviver sem termos uma pensão alimentícia, já que o agressor se encontra preso?( Kátia Peixoto )13h50min de 24 de março de 2009.

Não entendi tenho duvida quando se trata de se aproveitar da lei as mulheres estão fazendo muito isso o que fazer, o homem mesmo denuciado ele pode fazer sua keixa sobre a mulher que o denuciou memos ele se defendendo que as mulheres estão partido pra briga pois elas se aproveitão da situação como o homem pode se defender nesses casos.(Almir Souza)14h15min de 25 Novenbro de 2009

Correção de Links - Rede Social Lei Maria da Penha[editar código-fonte]

Prezados, sou a idealizadora da Rede Social Lei Maria da Penha e queria informá-los que os links estão errados.

( Onde lê-se www.leimariadapenha.com - o correto é www.leimariadapenha.com.br )

*Rede Social Lei Maria da Penha

Outras referências importantes: Dados Estatísticos após a edição da Lei n. 11.340/06 - http://www.leimariadapenha.com.br/group/pesquisas/forum/topics/dados-estatisticos-apos-a Aspectos fundamentais da Lei Maria da Penha - http://www.leimariadapenha.com.br/group/pesquisas/forum/topics/aspectos-fundamentais-da-lei Promotoras Legais Populares - http://www.leimariadapenha.com.br/group/sites/forum/topics/promotoras-legais-populares VÍDEO - Palestra da Maria Berenice Dias - http://www.leimariadapenha.com.br/video/lei-maria-da-penha-palestra VÍDEO - Entrevista de Ana Maria Bruni Canal Futura - http://www.leimariadapenha.com.br/video/entrevista-ana-maria-bruni-1

Ligações externas Rede Social Lei Maria da Penha: www.leimariadapenha.com.br

Muito obrigada e aguardamos por gentileza as correções.

Equipe da Rede Social Lei Maria da Penha www.leimariadapenha.com.br

Modificação do texto da Lei Maria da Penha[editar código-fonte]

Olá a todos! A quem possa interessar, há uma modificação da lei Maria da Penha que está prestes a ser sancionada ou vetada pelo Michel Temer, no qual dá a autoridade policial o poder de conceder medidas protetivas. No entanto, a mudança é polêmica, como pode ser vista aqui. Em uma breve pesquisa no Google, já pra perceber o quanto é polêmico, sendo que até a ONU Mulheres se manifestou contra a mudança. Proponho que fiquem atentos quando o presidente tomar a decisão. Comuna de Paris (discussão) 19h59min de 20 de outubro de 2017 (UTC)