Discussão:PL 122

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

/Arquivo 1

Sugiro mover o histórico para a seção apropriada[editar código-fonte]

Sugiro que o texto

O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006 propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero, equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei 7716/89[carece de fontes]. Esse projeto foi iniciado na Câmara dos Deputados, de autoria da deputada Iara Bernardi e que ali tramitou com o número 5003/2001[6], que na redação já aprovada propunha, além da penalização criminal, também punições adicionais de natureza civil para o preconceito homofóbico, como a perda do cargo para o servidor público, a inabilitação para contratos junto à administração pública, a proibição de acesso a crédito de bancos oficiais, e a vedação de benefícios tributários[7].

seja tirado da introdução e movido para a seção Histórico. Aquilo é detalhe demais para a introdução. No lugar, poderíamos acrescentar um parágrafo com os principais pontos do projeto (criminaliza a indução à homofobia, a discriminação no local de trabalho, etc.), que está faltando e é muito mais importante do que o histórico. Se os outros editores concordarem, eu mesmo posso fazer isso. OK? -- Jorge Peixoto (discussão) 22h18min de 16 de novembro de 2011 (UTC)

Pode até ser, mas antes acho melhor elaborarmos o parágrafo substituto aqui antes de publicá-lo no artigo. Heitor diz aí! 22h22min de 16 de novembro de 2011 (UTC)
Tudo bem. Você pode dar o pontapé inicial? Não vai dar tempo de eu fazer isso hoje, e eu só planejo editar a WIkipédia de novo na sexta feira (estou gastando tempo demais na Wiki...). -- Jorge Peixoto (discussão) 22h37min de 16 de novembro de 2011 (UTC)
Também vou estar sem tempo a partir de amanhã. Podemos deixar isso para dezembro então. Heitor diz aí! 01h25min de 17 de novembro de 2011 (UTC)

Qual é o motivo para se suprimir a opinião do bispo de dourados?[editar código-fonte]

A posição cristã está representada apenas pelo Silas Malafaia. Assim, a controvérsia não está bem retratada. O leitor que ver a seção do jeito que está vai pensar que, dentre os religiosos, só as lideranças evangélicas estão contra o projeto. E a opinião do bispo tem sua relevância atestada por múltiplas fontes jornalísticas neutras. O texto era o seguinte, e estava na seção "controvérsias":

O bispo católico de Dourados (MS) Dom Redovino Rizzardo é conta o projeto, dizendo “Para defender e amparar pessoas que até agora se sentiram marginalizadas, corre-se o perigo de violentar a quem pensa e age diferente” <ref> [http://www.portalamazonia.com.br/secao/noticias/amazonas/2011/05/19/projeto-contra-homofobia-e-alvo-de-debate-na-assembleia-legislativa-do-amazonas/ Projeto contra Homofobia é alvo de críticas na Assembleia do Amazonas] </ref> <ref> [http://www.diarioms.com.br/leitura.php?can_id=15&id=77078 Quem são os discriminados?] </ref>

-- Jorge Peixoto (discussão) 10h34min de 23 de novembro de 2011 (UTC)

Parcialidade de plc122.com.br[editar código-fonte]

Se zenit.org não serve por estar ligado à Igreja (e portanto, dizem alguns, é parcial), o mesmo se aplica ao pl122.com.br. O pl122.com.br é uma iniciativa do blog Eleições Hoje (confira em http://www.plc122.com.br/sobre-site-plc122). E o site Eleições Hoje tem o objetivo de

Além disso, o simples fato de o site ser a iniciativa de um blog amador já o desqualifica como fonte enciclopédica. Fonte enciclopédica confiável é livro, artigo científico, documento oficial e etc., ou no mínimo jornal ou revista jornalística. Se blog fosse fonte enciclopédica, então nós poderíamos colocar informações aqui do blog do Reinaldo Azevedo.

Por esses dois motivos, eu vou remover o pl122.com.br do verbete. Abraço -- Jorge Peixoto (discussão) 00h36min de 25 de novembro de 2011 (UTC)

Antes de desqualificar por completo a referência é preciso entender para quê esta é utilizada. Se está referenciando um trecho que expressa a opinião do grupo a respeito da Lei, assim como o Zenit.org, também pode ser utilizada. Sendo um tema controverso faz parte da construção da imparcialidade ponderar igualitariamente no texto as opiniões divergentes do assunto e desconsiderar a fonte só porque é parcial empobrece demais o artigo. Sugiro uma inversão na escrita: o Jorge escreve o texto com a opinião pró e o Heitor escreve o texto com a opinião contra. Acho que assim há menos riscos de errarem na medida ao elaborar o texto. Sds,OTAVIO1981 (discussão) 10h28min de 25 de novembro de 2011 (UTC)

Reversão sem explicação[editar código-fonte]

Qual a explicação para a reversão [1]?o comentário precedente não foi assinado por JorgePeixoto (discussão • contrib) Heitor diz aí! 01h32min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)

Sua edição já foi reposta. Olhe de novo. Heitor diz aí! 01h32min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)
Obrigado. -- Jorge (discussão) 01h36min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)

Referência inadequada[editar código-fonte]

A referência [http://www.vermelho.org.br/al/noticia.php?id_secao=1&id_noticia=170467 Queda de braço na votação do projeto que criminaliza homofobia] é inadequada, por se tratar de um site ligado ao PCdoB. Lembremos que, por exigência do usuário Heitor, todas as fontes com ligação a religiões (inclusive agências de notícias profissionais como zenit.org) foram suprimidas. Se as fontes com ligação religiosa devem ser suprimidas, por que não as fontes com ligação a política partidária? Ou são incluídas ambas, ou são excluídas ambas. -- Jorge (discussão) 01h35min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)

Uma coisa não tem nada com a outra. Se um artigo sobre um projeto de lei não poder ter referências a sites de partidos políticos a coisa vai ficar complicada. Isso não faz o menor sentido. Heitor diz aí! 01h39min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)
Não fica nada complicado, é fácil achar fontes de jornais e revistas jornalísticas isentas sobre esse assunto. Além disso, o seu argumento poderia ser facilmente aplicado da seguinte maneira: "Se um artigo sobre um projeto de lei não poder ter referências a sites de comentadores políticos a coisa vai ficar complicada". E aí eu poderia incluir o site do Reinaldo Azevedo. Aliás, por que valem sites marxistas (como o vermelho.org) mas não vale o site do conservador Reinaldo Azevedo?
Eu também poderia dizer "Se um artigo sobre um projeto de lei que enfrenta fortíssima oposição religiosa não poder ter referências a sites de agências religiosas a coisa vai ficar complicada".
Finalmente: se vale o www.vermelho.org, também vale o www.midiasemmascara.org. Ou são incluídos ambos ou nenhum. Pois ambos são sites de comentário político. -- Jorge (discussão) 02h04min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)
Projeto de lei é área que compete ao Estado e no Brasil, ao menos em tese, impera o laicismo. Como forte oposição religiosa ou não, igrejas não têm que dar pitaco em legislações. Mas, se faz tanta questão, vou procurar outra fonte. Heitor diz aí! 02h30min de 17 de janeiro de 2012 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com o proponente. O artigo, por se tratar de um projeto de lei polêmico, necessita de total e absoluta neutralidade em suas edições. Ismael Silva Oliveira (discussão) 18h02min de 23 de janeiro de 2012 (UTC)

descrição inverossimil[editar código-fonte]

o PL não criminaliza propriamente a "homofobia" mas a discriminação ou preconceito por orientação sexual ou de genero. Isso inclui qualquer possibilidade discriminatória ou preconceituosa inclusive a héteros ou cisgeneros. Por mais vaga que seja tal possibilidade, é a isto que se apegam aqueles que afirmam que o PL é para proteger "gays", colocando a coisa como se o PL estivesse privilegiando os gays quando na verdade a lei é para todos. Sei lá, só uma sugestão..

Difamação[editar código-fonte]

Por que Silas Malafaia tem que ser descrito como "um dos principais opositores dos direitos LGBT"[2][3] ao invés de "um dos principais opositores do Movimento LGBT"? 179.151.239.95 (discussão) 00h21min de 26 de julho de 2015 (UTC)

Malafaia não é contrário apenas ao movimento civil LGBT, ele é contra a instituição de direitos para pessoas LGBT, conforme ele mesmo explicitou em diversas oportunidades (ler o artigo). Chronus (discussão) 19h20min de 26 de julho de 2015 (UTC)