Dritëro Agolli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dritëro Agolli
Dritëro Agolli på frimärke med anledning av hans 85-årsdag.
Nascimento 13 de outubro de 1931
Devoll
Morte 3 de fevereiro de 2017 (85 anos)
Tirana
Cidadania Reino da Albânia, República Popular Socialista da Albânia, Albânia
Etnia Albaneses
Alma mater
Ocupação jornalista, poeta, escritor, roteirista
Causa da morte pneumopatia
Página oficial
http://dritero.com/
Assinatura
Dritëro Agolli (nënshkrim).svg

Dritëro Agolli (13 de outubro de 19313 de fevereiro de 2017) foi um poeta albanês.

Agolli estudou o primário em Gjirokastër e concluiu os estudos de jornalismo na Universidade Estatal de São Petersburgo (na época chamada Leningrado), na década de 1950. De volta a Albânia, viveu em Tirana onde escreveu para o jornal Zëri i Popullit, controlado pelo Partido do Trabalho da Albânia.[1] Seus primeiros poemas foram publicados em 1958.

Em suas obras, tanto as poesias como os contos e novelas, idealiza o sistema comunista e ao que chama de "novo homem", figura que os comunistas albaneses colocaram como meta.[carece de fontes?]

Agolli morreu de doença pulmonar em 3 de fevereiro de 2017, em Tirana, aos 85 anos.[2]

Referências

  1. «Dritëro Agolli» (em albanês). fajtori.com. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  2. «Albanian writer Dritero Agolli dies at 85» (em inglês). globaltimes.cn. 4 de fevereiro de 2017. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.