Dulcinéa de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dulcinéa de Oliveira
Nome completo Dulcinéa Pereira da Costa de Oliveira
Nascimento 26 de novembro de 1933
Recife, PE
Morte 20 de agosto de 2007 (73 anos)
Recife, PE
Ocupação Atriz, Psicóloga
Cônjuge Reinaldo da Rosa Borges de Oliveira

Dulcinéa de Oliveira (Recife, 26 de novembro de 1933 - Recife, 20 de agosto de 2007) foi uma psicóloga, atriz, autora, diretora de teatro e escritora brasileira.

Pertencia ao Teatro de Amadores de Pernambuco, ao Rotary Club Recife e à Academia de Letras e Artes do Nordeste.

Teatro de Amadores de Pernambuco[editar | editar código-fonte]

Casada com Reinaldo de Oliveira, diretor do Teatro de Amadores de Pernambuco e do Teatro Valdemar de Oliveira, participou como atriz, diretora e autora em diversas peças teatrais.

Estreou no dia 6 de abril de 1966.

Atriz[editar | editar código-fonte]

Participou das seguintes peças:

  • A afilhada de Nossa Senhora da Conceição
  • A Capital Federal
  • A casa de Bernarda Alba (remonte em 1981)
  • A Casta Suzana
  • A incelença
  • A morte de um caixeiro viajante
  • A Promessa
  • Arsênico e Alfazema
  • As lágrimas amargas de Petra Von Kant
  • Ave Maria ... Goool !
  • Bob&Bobete
  • Bombonzinho
  • Dr. Knock ou O triunfo da Medicina
  • Entremês do Mancebo que casou com mulher braba
  • Esquina Perigosa
  • Inês de Castro
  • Mundo Submerso em luz e som
  • No sex, please
  • O atelier de Madame Rabat
  • O processo de Jesus
  • Ontem, hoje e amanhã
  • Sábado, domingo e segunda
  • Se chovesse vocês estragavam todos
  • Terra Adorada
  • Um sábado em 30
  • Uma Pedra no sapato
  • Você pode ser um assassino
  • Yerma
  • Zuzu

Autora[editar | editar código-fonte]

Escreveu a peça Linha de defesa

Diretora[editar | editar código-fonte]

Atuou como diretora de teatro em:

  • Inácia da Silva
  • O papa e a donzela
Capa do cordel Sarrabulho de uma mundiça

Rotary Club[editar | editar código-fonte]

  • Presidente do Rotary Club Recife Casa Amarela em 2000-2001;
  • Governadora do distrito 4500 - Eleita para assumir em 2008.

Exercia beneficência no Rotary, na profissão de psicóloga, no atendimento a pessoas carentes.

Academia de Letras e Artes do Nordeste[editar | editar código-fonte]

Ocupava a cadeira 35.

Cordel publicado[editar | editar código-fonte]

Sarrabulho de uma mundiça

Ligações externas[editar | editar código-fonte]