Enel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de ENEL)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Enel
Razão social Enel SpA.
Empresa de capital aberto
Cotação Borsa Italiana: ENEL
Atividade Energia
Fundação 1962
Fundador(es) Governo da Itália
Sede Roma,  Itália
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave Maria Patrizia Grieco (Presidente)

Francesco Starace (CEO)

Empregados 69,272
Produtos Geração e distribuição de Energia elétrica, gás natural
Subsidiárias Endesa
Enel Green Power
Enel Brasil
Ativos Aumento EUR165.4 bilhões (2018)
Receita Aumento EUR 73.1 bilhões (2018)
Renda líquida Aumento EUR 6.3 bilhões (2018)
Website oficial www.enel.com
  • Notas de rodapé / referências
  • Presença de Enel no mundo

Enel SpA (Borsa Italiana: ENEL) é uma empresa italiana com sede em Roma que atua na geração e distribuição de energia elétrica e na distribuição de gás natural. A Enel, cujo nome é um acrónimo de "Ente nazionale per l'energia elettrica", foi fundada em 1962 por lei, reunindo diversas pequenas empresas do ramo.

É a maior companhia de energia elétrica da Itália[1] e a quinta maior companhia de energia do mundo.[2] Maior acionista da empresa é, com 21,10%, o ministério italiano da economia e finanças.[3]

Em 2007, a empresa (junto com a construtora Acciona) comprou a empresa Endesa, maior companhia de energia da Espanha[4], e - com a saída de Acciona em 2009 - passou a controlar toda a companhia.[2]

O Grupo Enel está presente em 34 países, espalhados por cinco continentes, gerando energia com uma capacidade instalada em torno de 89 GW e distribuindo gás e energia por meio de uma rede que alcança 2,2 milhões de quilômetros.

A Enel Brasil é a maior empresa privada do setor elétrico brasileiro e atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização, além de soluções de energia. Após a aquisição da Enel Distribuição São Paulo (antiga Eletropaulo), em 2018, a empresa se tornou o maior grupo em distribuição de energia do país, com 17 milhões de clientes atendidos no Rio de Janeiro, Ceará, Goiás e São Paulo.

Além disso, por meio da Enel Green Power, a companhia é um dos líderes em geração de energia eólica e solar no Brasil. A Enel possui ainda a usina térmica Enel Geração Fortaleza (CE), a rede de transmissão Enel Cien (RS), conversora de energia para interconexão entre o Brasil e a Argentina, e uma empresa de soluções em energia, a Enel X.

Referências

  1. noticias.uol.com.br, 09/06/2006: Empresa italiana compra 11 centrais hidrelétricas no Brasil por R$ 450 milhões, acessado em 14 de dezembro de 2009
  2. a b clippingmp.planejamento.gov.br, 11/11/2009:Enel descarta vender ativos no país e quer investir mais[ligação inativa], acessado em 14 de dezembro de 2009
  3. «Quem é a Enel, a gigante italiana que acaba de comprar a Eletropaulo». G1. Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  4. eletrosul.gov.br, 17/11/2005 [Wdh Lucro da espanhola Endesa cresce 33%, acessado em 14 de dezembro de 2009
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Enel