Eccard Freiherr von Gablenz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eccard Freiherr von Gablenz
Nascimento 26 janeiro de 1891
Königsberg
Morte 17 dezembro de 1978
Rheinbach
Nacionalidade alemão
Ocupação Militar do Exército
Cargo Comandante de Divisão
Serviço militar
Patente Generalleutnant

Eccard Freiherr von Gablenz foi um tenente-general (General de Divisão) do Exército Alemão durante a Segunda Guerra Mundial. Participou das campanhas da Polônia, França e esteve na Rússia de 1941 a 1943. Posteriormente assumiu o comando da 232ª Divisão de Infantaria na Itália, comando que exerceu até a rendição final em maio de 1945.

Principais comandos[editar | editar código-fonte]

  • 1º de dezembro de 1935 a 23 de novembro de 1938: Coronel comandante do 18º Regimento de Infantaria, Bielefeld.
  • 1939: Comandante da 7ª Divisão de Infantaria Bávara (Munique) na campanha da Polônia.
  • 1940: Comando da mesma divisão durante a campanha da França.
  • 1941: Comandou a 7ª DI na campanha da Rússia, partindo da região de Suwalki Zipfel até Narwa.
  • 23 de dezembro de 1941: Substituiu o Tenente-general Wagner no comando do 27º Corpo de Exército em Staritza.
  • 2 de janeiro de 1942: Pediu demissão por se recusar assumir a responsabilidade pelo aniquilamento de suas tropas em decorrência da ordem de Hitler de manter as posições a todo custo [1].
  • 1943: Encarregado de reorganizar a 384ª Divisão de Infantaria em Saint Omer na Bretanha, França. Seguiu para a Rússia com a divisão em nov 1943 integrando o Grupo de Exércitos Sul. Atuou na região de Kirowograd. A divisão retraiu através do rio Dnieper na região de Gandura, e foi destruída em Kugilnik.
  • 26 de julho de 1944: Assumiu o comando da 232ª Divisão de Infantaria, recém-criada, no campo de instrução de Wildflecken. Após a fase de instrução, a divisão recebeu ordem de deslocar-se para a Itália, assumiu a defesa da região da Ligúria.

Referências

  1. diário de operações do IX Exército - Reinhardt, Klaus: "Die Wende vor Moskau", p. 237

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Boucsein, Heirinch (2002). Bombardeiros, Caças e Guerrilheiros ("Finale furioso" na Itália). a história da 232ª Divisão de Infantaria, a última divisão alemã a ser deslocada para a Itália 1944-45. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército Editora. 382 páginas. ISBN 8570113129 


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.