Rocco (editora)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Editora Rocco)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Editora Rocco
Tipo Editora
Fundação 1975
Fundador(es) Paulo Roberto Rocco
Sede Rio de Janeiro
Produtos Livros
Website oficial Site oficial

A Editora Rocco é uma editora brasileira sediada na cidade do Rio de Janeiro. Foi fundada em 1975.

É mais conhecida por publicar os livros da série de Harry Potter, Jogos Vorazes, Divergente e Eragon, contando também com uma gama de autores renomados, dentre eles:

  • Michael Crichton (autor da série de livros Jurassic Park, Congo, Presa, Um Caso de Necessidade, O grande Roubo do Trem);
  • Richard Carlson (Não Faça Tempestade em Copo d Água);
  • John Grisham (O Advogado, O Cliente, A Firma, O Júri);
  • Robert Ludlum (A Identidade Bourne, A Supremacia Bourne, O Ultimato Bourne);
  • Clarice Lispector (A Bela e a Fera, A Cidade Sitiada, A Descoberta do Mundo, A Hora da Estrela, A Hora da Estrela - Edição Especial, A Legião Estrangeira, A Maçã no Escuro, A Mulher que Matou os Peixes, A Paixão Segundo G.H., A Via Crucis do Corpo, A Vida Íntima de Laura, Água Viva, Aprendendo a Viver, As Palavras, Clarice Lispector - Outros Escritos, Clarice Lispector - Pinturas, Clarice na Cabeceira, Como Nasceram as Estrelas, Contos e Recontos para Crianças, Correio Feminino, Correspondências, De Amor e Amizade, De Bichos e Pessoas, De Escrita e Vida, Do Rio de Janeiro e Seus Personagens);
  • Paulo Coelho (O Alquimista, Veronika Decide Morrer);
  • Sara Shepard (Série Pretty Little Liars);
  • André Vianco (O Caso Laura, Dartana);
  • Anne Rice (Sangue e Ouro, Entrevista com o Vampiro, A Rainha dos Condenados e outros);
  • Thalita Rebouças (Série Fala Sério...)

História[editar | editar código-fonte]

A Rocco tem como compromisso publicar as melhores obras de autores nacionais e estrangeiros. Criada em 1975 por Paulo Roberto Rocco, a editora sempre se mostrou atenta às manifestações da sociedade, antecipando tendências e difundindo novas ideias em diferentes segmentos.  Na década de 1980, ousou ao trazer para o catálogo pensadores importantes como Michel Maffesoli e Jean Baudrillard, além de abrir espaço para nomes de vanguarda no cenário político nacional como Fernando Gabeira, Herbert Daniel e Alex Polari, entre outros intelectuais e ativistas que marcaram época.

No mesmo período, deu início à formação de seu prestigioso catálogo de ficção, com títulos como A fogueira das vaidades, de Tom Wolfe, que até hoje é referência na prosa norte-americana e foi adquirido num dos primeiros grandes leilões do mercado editorial. A Wolfe viriam se juntar, nos anos seguintes, nomes como Gore Vidal, Noah Gordon, Ken Follett, Anne Rice e Carlos Fuentes, para citar apenas alguns, formando um painel variado da literatura e do pensamento mundial do século XX.

Em 1988, apresentou ao Brasil e ao mundo aquele que viria a se tornar o mais bem-sucedido escritor brasileiro, Paulo Coelho, ao lançar O alquimista. Quatro anos depois, em 1992, A firma, de John Grisham, abria caminho para uma ficção comercial de qualidade que também se tornou uma marca em seu catálogo.  No ano 2000, publicou Harry Potter e a Pedra Filosofal[1], o primeiro volume da série da então desconhecida J. K. Rowling, que se transformou no maior fenômeno editorial de todos os tempos.

Coube à Rocco um papel de destaque também em áreas como saúde, autoconhecimento e espiritualidade com a coleção Arco do Tempo, que fez história com títulos como Mulheres que correm com os lobos, clássico da psicanalista e escritora Clarissa Pinkola Estés que ganha reimpressões sucessivas desde o lançamento, em 1994. Em 1995, a editora ousou novamente ao publicar no Brasil o sucesso Homens são de Marte, mulheres são de Vênus, de John Gray, que viria a inaugurar um novo segmento de sucesso no mercado editorial, o de livros de psicologia voltados para o aconselhamento pessoal. Em 1998, veio outro grande sucesso deste segmento, Não faça tempestade em copo d’água, de Richard Carlson.

Selos[editar | editar código-fonte]

Criado em 2010, a Rocco Digital atende às novas possibilidades e modelos de negócios com a ampliação das plataformas de leitura e reafirma o compromisso da Rocco de publicar obras relevantes, também em e-book. Parte expressiva do catálogo da editora já ganhou versão digital, de longsellers como os títulos de Noah Gordon a sucessos recentes, como a trilogia Jogos Vorazes. Os e-books da editora seguem um minucioso trabalho técnico e estético que preza, acima de tudo, a qualidade da experiência de leitura.

Em 2014, mais uma vez observando os movimentos e tendências do mercado, a editora deu início a um processo de melhor segmentação de seu catálogo com a criação de dois novos selos: Fábrica231[2], o selo de entretenimento da Rocco, e Fantástica Rocco, dedicado à literatura de fantasia, ficção científica e terror. No ano seguinte, vieram os selos Bicicleta Amarela, que publica o que há de mais moderno nas áreas de saúde, bem-estar e estilo de vida, e Anfiteatro, o selo de ideias e debates da Editora.

Para o público infanto-juvenil e infantil, a editora possui, respectivamente, os selos Rocco Jovens Leitores e Rocco Pequenos Leitores, que reúnem obras de ficção e de informação, muitas delas premiadas por instituições como a FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e adotadas em escolas e programas governamentais de incentivo à leitura.

Com forte presença de mercado, o selo Rocco Jovens Leitores[3] tornou-se referência no segmento juvenil, com um catálogo que reúne alguns dos autores e séries de maior sucesso entre este público, como Ciclo A Herança, Jogos Vorazes, Divergente e Pretty Little Liars, entre outros. Pelo mesmo selo, a Rocco lançou Thalita Rebouças, a escritora brasileira de maior sucesso entre os adolescentes[4], os títulos infantojuvenis de Neil Gaiman e a coleção Histórias Inéditas do Pequeno Nicolau, clássico francês da dupla René Goscinny e Jean-Jacques Sempé. No segmento Pequenos Leitores, brasileiros premiados como Caulos e Karen Acioly fazem companhia a nomes consagrados lá fora como William Joyce, autor do celebrado Os fantásticos livros voadores de Modesto Máximo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Fernandes, Laura (29 de junho de 2016). «Editora Rocco reedita 'Harry Potter e a Pedra Filosofal' em versão ilustrada; veja fotos». Correio 24horas. Consultado em 13 de março de 2017 
  2. Bernardo, André (16 de janeiro de 2016). «'Geração Wattpad': Os autores que saltaram das redes sociais literárias às grandes editoras». BBC Brasil. Consultado em 13 de março de 2017 
  3. Valim, Carlos Eduardo (19 de setembro de 2014). «A explosão dos jovens adultos - ISTOÉ DINHEIRO». ISTOÉ DINHEIRO. Consultado em 13 de março de 2017 
  4. Brandão, Liv (16 de maio de 2016). «Thalita Rebouças chega ao seu 21º livro e tem seis filmes em produção». O Globo. Consultado em 13 de março de 2017