Eduard Stiefel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eduard Stiefel
Matemática
Eduard Stiefel (1955)
Nacionalidade Suíça Suíço
Nascimento 21 de abril de 1909
Local Zurique
Morte 25 de novembro de 1978 (69 anos)
Local Zurique
Atividade
Campo(s) Matemática
Tese 1935: Richtungsfelder und Fernparallelismus in n-dimensionalen Mannigfaltigkeiten
Orientador(es) Heinz Hopf
Orientado(s) Peter Henrici

Eduard L. Stiefel (Zurique, 21 de abril de 1909 — Zurique, 25 de novembro de 1978) foi um matemático suíço.

Juntamente com Cornelius Lanczos e Magnus Hestenes, inventou o método do gradiente conjugado, e obteve o que é agora entendido como uma construção parcial das classes de Stiefel-Whitney de um fibrado vetorial real, fundando assim o estudo das classes características.

Stiefel entrou no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique em 1928. Obteve o doutorado em 1935, orientado por Heinz Hopf, com a tese "Richtungsfelder und Fernparallelismus in n-dimensionalen Mannigfaltigkeiten". Stiefel completou sua habilitação em 1942. Além de suas pesquisas acadêmicas, Stiefel foi também oficial militar ativo, atingindo a patente de coronel do exércitro suíçi durante a Segunda Guerra Mundial.

Eduard Stiefel (direita) com Otto Volk em Oberwolfach, 1978

Em 1948 Stiefel tornou-se professor do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, e no mesmo ano fundou o Instituto de Matemática Aplicada. O objetivo do novo instituto foi o projeto e construção de um computador eletrônico (o Elektronische Rechenmaschine der ETH, ou ERMETH). A partir de agosto de 1951 passou um ano nos Estados Unidos. Durante este tempo encontrou-se com Magnus Hestenes e muitos outros pesquisadores do National Institute of Standards and Technology, com quem esteve em estreito contato durante sua carreira em Zurique.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.