Eduardo Pitta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eduardo Pitta
Nascimento 9 de agosto de 1949 (67 anos)
Lourenço Marques
Nacionalidade Portugal português
Ocupação Escritor, poeta, crítico literário
Magnum opus Persona
Página oficial
eduardopitta.com

Eduardo Pitta (Lourenço Marques, 9 de Agosto de 1949) é um poeta, escritor e ensaísta português.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Viveu em Moçambique até Novembro de 1975. Escreve e publica desde 1967. Publicou livros de poesia, ficção (contos e romance), ensaio, dois diários de viagem e um volume de memórias. Em Fractura, ensaio sobre a condição homossexual na literatura portuguesa contemporânea, sinaliza representações da homotextualidade nacional numa perspectiva que não elide a «negociação de identidade». Poemas seus encontram-se traduzidos em inglês, francês, castelhano, italiano e hebraico. Encontra-se representado em diversas antologias de poesia portuguesa contemporânea. Participou em encontros de escritores, seminários e festivais de poesia, em Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia e Colômbia. Colaborou e colabora em publicações literárias de vária índole. Actualmente faz crítica literária na revista Sábado. Antes, fez crítica literária nas revistas Colóquio-Letras (1987-2005) e LER (1990-2006), bem como nos jornais Diário de Notícias (1996-1998) e Público (2005-2011). Entre 1994 e 2006 assinou na revista LER a secção de crítica de poesia O Som & o Sentido. Na mesma revista, entre 2008 e 2014, publicou crónicas na coluna Heterodoxias. Mantém desde 2005 o blogue Da Literatura. Em 2013 publicou Um Rapaz a Arder, livro de memórias que abrange o período entre 1975 e 2001.

Obras[editar | editar código-fonte]

Poesia[editar | editar código-fonte]

  • 1974 Sílaba a Sílaba
  • 1979 Um Cão de Angústia Progride
  • 1983 A Linguagem da Desordem
  • 1984 Olhos Calcinados
  • 1988 Archote Glaciar
  • 1991 Arbítrio
  • 1999 Marcas de Água
  • 2004 Poesia Escolhida
  • 2011 Y si Todo, de Repente? / Antologia espanhola
  • 2011 Desobediência

Ficção[editar | editar código-fonte]

  • 2000 Persona, 2007 edição revista
  • 2007 Cidade Proibida

Ensaio e crítica[editar | editar código-fonte]

  • 2002 Comenda de Fogo
  • 2003 Fractura
  • 2004 Metal Fundente
  • 2007 Intriga em Família
  • 2010 Aula de Poesia
  • 2014 Pompas Fúnebres

Diário & Memórias[editar | editar código-fonte]

  • 2005 Os Dias de Veneza
  • 2013 Cadernos Italianos
  • 2013 Um Rapaz a Arder

Literatura para a infância[editar | editar código-fonte]

Edições[editar | editar código-fonte]

  • 2008 - Edição da obra poética de António Botto em dois volumes: Canções e Outros Poemas (1.º vol.) e Fátima (2.º vol.). Fixação de texto, introdução, cronologia e notas.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em Julho de 2010 casou com Jorge Neves, seu companheiro desde 1972[1]. Vive em Lisboa.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]