Eleição presidencial no Uruguai em 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eleição presidencial no Uruguai em 2019
  2014 ← Uruguai → 2024
27 de outubro (primeiro turno)
24 de novembro (segundo turno)
Lacalle Pou 2019.jpg Daniel Martínez (cropped).jpg
Candidato Lacalle Pou Daniel Martínez
Partido PN FA
Natural de Montevidéu Montevidéu
Companheiro de chapa Beatriz Argimón Graciela Villar
Votos 1.189.313 1.152.271
Porcentagem 50,79% 49,21%



Presidente do Uruguai

O primeiro turno das eleições presidenciais uruguaias foram realizadas no país em 27 de outubro de 2019. Entretanto, nenhum candidato recebeu a maioria dos votos no primeiro turno, por isso, um segundo turno foi realizado em 24 de novembro de 2019, onde Lacalle Pou estava à frente com 50.62% dos votos, com sua vitória confirmada em 28 de novembro, após recontagem de votos, onde terminou com 50.79% e tornou-se no novo presidente do país, sucedendo a Tabaré Vázquez.[1]

Contexto[editar | editar código-fonte]

O atual presidente Tabaré Vázquez, que venceu as eleições de 2014, não é elegível para concorrer devido a limites de mandatos constitucionais. Como resultado, seu partido Frente Ampla teve que nomear um novo candidato.

A Frente Ampla destaca o seu excelente desempenho económico: desde que chegou ao poder em 2004, a taxa de pobreza caiu de 40% para 8%, o salário médio aumentou 55%, o PIB aumentou em média 4% ao ano e o número de pessoas com cobertura médica aumentou de 700.000 para 2,5 milhões. Várias reformas sociais, como a legalização do aborto e o reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo, foram adotadas. O candidato da coligação de esquerda para a Presidência, Daniel Martínez, é assim creditado com 40 a 44% das intenções de voto na primeira volta.[2]

A questão da crescente insegurança tem sido uma parte importante da vida política uruguaia desde as eleições parlamentares e presidenciais de 2009. O governo liderado pela Frente Ampla tem sido alvo de muitas críticas sobre esta questão por parte dos partidos Nacional e Colorado, na oposição desde 2004.

Sistema eleitoral[editar | editar código-fonte]

O Presidente do Uruguai é eleito usando o sistema de dois turnos, com um segundo turno se nenhum candidato receber 50% dos votos no primeiro turno. Os 30 membros do Senado são eleitos por representação proporcional em um único círculo eleitoral nacional. O vice-presidente, eleito na mesma cédula do presidente, torna-se presidente do Senado, com seu voto determinando em caso de empate[3]. 99 membros da Câmara de Representantes são eleitos por representação proporcional em 19 grupos constituintes com vários membros, com base nos departamentos. Os assentos são alocados usando o método das médias mais altas[4].

As eleições são realizadas pelo método do voto duplo simultâneo, pelo qual os eleitores votam um único voto no partido de sua escolha para todos os três membros da Presidência, do Senado e da Câmara dos Deputados.

Primárias[editar | editar código-fonte]

A seguir, é apresentada uma lista dos partidos políticos que se registraram no Tribunal Eleitoral para participar das eleições de 2019 e atingiram o mínimo legal de 500 votos nas primárias de junho. Além deles, havia quatro outros partidos que não atingiram o mínimo necessário: Partido da Concertação, Partido da Ordem Republicana, Abrindo Estradas e Partido Democrático Unido[5]. No caso do Partido Digital, alcançou os votos necessários nas eleições internas, mas ele não obteve o apoio necessário em sua convenção para ratificar a fórmula do partido, então sua participação estava em dúvida.

Partido Espectro Primárias Apto?
Votos %
Partido Nacional PN Direita 456.355
47,14 / 100
Sim
Frente Ampla FA Esquerda 257.893
26,64 / 100
Partido Colorado PC Direita 184.236
19,03 / 100
Cabildo Aberto CA Direita 48.771
5,04 / 100
Partido da Gente PG Direita 6.783
0,70 / 100
Unidade Popular UP Extrema-esquerda 4.125
0,43 / 100
Partido Verde Animalista PVA Centro 3.056
0,32 / 100
Partido Ecologista Radical Intransigente PERI Centro 2.604
0,27 / 100
Partido Independente PI Centro 2.063
0,21 / 100
Partido Digital PD Sem ideologia 596
0,06 / 100
Partido dos Trabalhadores PT Extrema-esquerda 556
0,06 / 100
Partido da Concertação PdC Sem ideologia 480
0,05 / 100
Não
Partido da Ordem Republicana POR Direita 248
0,03 / 100
Abrindo Estradas AC Centro 136
0,01 / 100
Partido Democrático Unido PDE Centro 129
0,01 / 100
Votos válidos 968.031
96,89 / 100
Votos brancos 5.485
0,55 / 100
Votos nulos 8.251
0,82 / 100
Votos observados 20.941
2,09 / 100
Votos totais 1.002.778
100 / 100
Participação 1.002.778
37,44 / 100
Abstenção 1.675.323
62,56 / 100
Eleitorado 2.678.031
100 / 100

Candidatos[editar | editar código-fonte]

1º Turno[editar | editar código-fonte]

As primárias presidenciais foram realizadas em 30 de junho para selecionar os candidatos[6]:

2º Turno[editar | editar código-fonte]

Na noite de 27 de outubro, o apoio sucessivo ao binômio Lacalle Pou-Argimón era conhecido pelos candidatos Ernesto Talvi, Guido Manini Ríos, Edgardo Novick e Pablo Mieres, enquanto Daniel Martínez concentrou-se em angariar o apoio direto do eleitorado. Dias depois, um acordo eleitoral foi selado entre brancos e colorados, em um movimento geralmente comparado ao escrutínio de 20 anos atrás[8]. No início de novembro, um acordo programático intitulado "Compromisso com o país" foi assinado entre eles[9].

O prefeito de Canelones Yamandú Orsi assumiu a liderança da campanha de Martínez com vistas à votação[10][11]. Além disso, toda a liderança da Frente Ampla foi instruída a moderar o discurso para buscar a captura do voto extra-frentista[12]. Alguns grupos do Colorado apoiaram à candidatura de Martínez, uma encabeçada por Aníbal Gloodtdofsky, outra pelo sobrinho-neto do presidente Baltasar Brum[13].

Para quarta-feira, 13 de novembro, foi confirmado um novo debate entre Martínez e Lacalle Pou, a fim de cumprir os novos regulamentos de comunicação[14].

Pesquisas[editar | editar código-fonte]

1º Turno[editar | editar código-fonte]

Instituto Data Daniel Martínez Villamil Luis Alberto Lacalle Pou Ernesto Talvi Guido Manini Ríos 2019 (cropped).jpg Edgardo Novick.jpg Pablomieres.jpg Outros Brancos/

Abstenção

Indecisos
Martínez
FA
Lacalle Pou
PN
Talvi
PC
Manini Ríos
CA
Novick
PG
Mieres
PI
Opción Consultores[15] Outubro/2019 33% 25% 10% 12% - 1% - - -
Radar[16] Outubro/2019 39% 21% 16% 12% 0,8% 1,1% - - -
Opción Consultores[17] Setembro/2019 29% 24% 15% 12% 2% 2% - - -
Factum[18] Agosto/2019 37% 26% 19% 9% 2% 2% 18% - -
Cifra[19] Fevereiro/2019 34% 27% 14% 3% 2% - 2% 18% -
Factum[20] Fevereiro/2019 38% 30% 16% 5% 4% 2% - 5% -
Radar[21] Janeiro-Fevereiro/2019 37% 28% 13% 3% 2% 1% 2% 7% 7%
Radar[22] Dezembro/2018 33% 27% 12% 4% 3% 1% - 9% 9%
Opción Consultores[23] Dezembro/2018 26% 27% 12% 5% 5% 2% - 11% 12%
Equipos[24] Dezembro/2018 30% 34% 11% 1% 2% 1% 1% 7% 13%
Factum[25] Novembro/2018 34% 30% 16% 7% 6% 2% - 5% -
Radar[26] Novembro/2018 32% 26% 13% 4% 3% - 2% 10% 10%
Cifra[27] Outubro/2018 36% 31% 9% 5% 6% 3% - 10% -
Factum[28] Agosto/2018 34% 30% 12% 7% 6% 2% - 9% -
Radar[29] Agosto/2018 30% 30% 8% 6% 2% 3% - 11% 10%
Cifra[30] Agosto/2018 27% 26% 4% 3% 4% 1% - 35%
Opción Consultores[31] Julho/2018 28% 31% 9% 8% 4% 2% - 8% 10%
Radar[32] Fevereiro/2018 33% 28% 7% 2% 2% - 3% 11% 13%
Factum[33] Abril/2017 31% 30% 6% 9% 4% 2% - 18% -

2º Turno[editar | editar código-fonte]

Instituto Data Daniel Martínez Villamil Luis Alberto Lacalle Pou Indecisos
Martínez
FA
Lacalle Pou
PN
Equipos Consultores[34] 05/11 42% 47% 11%
Opción[35] 12/11 42% 47% 11%
Radar[36] 12/11 42,5% 49,6% 7,9%
Equipos Consultores[37] 12/11 42% 48% 10%
Cifra[38] 18/11 42% 47% 11%
Factum[39] 19/11 43% 51% 6%
Metrocall[40] 21/11 41% 52% 7%
Radar[41] 21/11 44,3% 49,9% 5,8%
Cifra[42] 21/11 44,5% 51,5% 4%
Opción[43] 21/11 44% 51% 5%

Resultados[editar | editar código-fonte]

Candidato Partido 1º Turno 2º Turno Assentos
Votos % Votos % Câmara +/- Senado +/-
Lacalle Pou Partido Nacional PN 696.452
28,62 / 100
1.189.313
50,79 / 100
30 -2 10 0
Daniel Martínez Frente Ampla FA 949.376
39,02 / 100
1.152.271
49,21 / 100
42 -8 13 -2
Ernesto Talvi Partido Colorado PC 300.177
12,34 / 100
13 -2 4 0
Guido Manini Ríos Cabildo Aberto CA 268.736
11,04 / 100
11 Novo 3 Novo
César Vega Partido Ecologista Radical Intransigente PERI 33.461
1,38 / 100
1 +1 0 0
Edgardo Novick Partido da Gente PG 26.313
1,08 / 100
1 +1 0 0
Pablo Mieres Partido Independente PI 23.580
0,97 / 100
1 -2 0 -1
Gonzalo Abella Unidade Popular UP 19.728
0,81 / 100
0 -1 0 0
Gustavo Salle Partido Verde Animalista PVA 19.392
0,80 / 100
0 Novo 0 Novo
Daniel Goldman Partido Digital PD 6.363
0,26 / 100
0 Novo 0 Novo
Rafael Fernández Partido dos Trabalhadores PT 1.387
0,06 / 100
0 0 0 0
Votos válidos 2.344.965
96,37 / 100
2.341.584
96,23 / 100
Votos brancos 43.597
1,79 / 100
38.024
1,57 / 100
Votos nulos 44.597
1,83 / 100
53.193
2,19 / 100
Votos observados anulados 205
0,01 / 100
395
0,02 / 100
Votos totais 2.433.364
100,00 / 100
2.433.196
100,00 / 100
Participação 2.433.364
90,13 / 100
2.433.196
90,12 / 100
Abstenção 266.614
9,87 / 100
266.784
9,88 / 100
Eleitorado 2.699.978
100,00 / 100
2.699.980
100,00 / 100
Fonteː [44]1º Turno (100,00% apurado) [45]2º Turno (100,00% apurado)

Apuração inicial (24/11)[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. https://www.publico.pt/2019/11/28/mundo/noticia/luis-lacalle-lou-proximo-presidente-uruguai-1895485
  2. «Stable, riche et de gauche, l'Uruguay, une exception en Amérique latine» (em francês). 25 de outubro de 2019 
  3. «Sistema eleitoral» 
  4. «Sistema eleitoral» 
  5. ««Los resultados difundidos por la Corte Electoral»» 
  6. «Comunicado de prensa de la Corte Electoral - 27 de julio de 2018» 
  7. «"Cabildo Abierto proclama a Guillermo Domenech como candidato a vicepresidente"» 
  8. Natalia Roba (3 de novembro de 2019). «Analogías de una coalición 20 años después». El Observador (em espanhol) 
  9. Natalia Gold (6 de novembro de 2019). «Con el acuerdo multicolor sellado, la fórmula blanca se centra en conquistar a cautelosos». El Observador (em espanhol) 
  10. Martín Tocar (2 de novembro de 2019). «"Gente que votaba al FA ahora no nos acompaña, es un mensaje fuerte"». El Observador (em espanhol) 
  11. Leonardo Haberkorn (2 de novembro de 2019). «Yamandú Orsi a la cancha». El Observador (em espanhol) 
  12. «FA pide a dirigentes no tratar a opositores de "conservadores", "neoliberales" ni "rosaditos"». El Observador (em espanhol). 6 de novembro de 2019 
  13. «Dos grupos del Partido Colorado confirmaron su apoyo al Frente Amplio». Ecos (em espanhol). 1 de novembro de 2019 
  14. «Ver debate completo Lacalle-Martínez en vivo por LARED21». LaRed21 (em espanhol). 12 de novembro de 2019 
  15. «"Intención de Voto Octubre 2019"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  16. «"Crece Manini a un 12%, caen Martínez, Lacalle y Talvi en ese orden"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  17. «"Encuesta de Opción: crecieron levemente el FA y el PN, descendió el PC"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  18. «"Escenarios de Balotaje"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  19. «"Inicio de sesión en El País"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  20. «"Factum: FA 38%; PN 30%; PC 16%; PGente 5%, PI 4%,UP 2%"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  21. «"Encuesta de Grupo Radar: Creció la intención de voto del Frente Amplio - VTV Noticias"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  22. «"Para Radar, el FA está primero en intención de voto y a seis puntos del Partido Nacional"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  23. «"Partido Nacional supera al Frente Amplio, según la última encuesta de Opción Consultores"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  24. «"Encuesta: FA cierra 2018 abajo de los blancos"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  25. «"Colorados duplican su intención de voto en último semestre tras retorno de Sanguinetti"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  26. «"14-11-2018 – (difundido en VTV Noticias) Vuelve a crecer el FA, y Martínez supera a Lacalle por 9 puntos. Crece fuertemente el PC « Grupo Radar"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  27. «"INTENCIÓN DE VOTO "SI LAS ELECCIONES FUERAN HOY" - Cifra"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  28. «"Los movimientos políticos que impactan en la intención de voto. Encuesta Nacional Factum del tercer trimestre de 2018"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  29. «"23-08-2018 – (difundido en VTV Noticias) Empate entre FA y PN, pero Martínez supera a Lacalle por 5 puntos. Crece la Oposición en su conjunto « Grupo Radar"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  30. «"CIFRA: Lideran los Indecisos NS/NC y en blanco con 35%; FA 27%; PN 26%; PC y PI 4%; y 3% PGente"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  31. «"Elecciones: el Partido Nacional es el que tiene mayor aprobación, según encuesta de Opción"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  32. «"08-02-2018 – (difundido en VTV Noticias) El FA supera al PN por 5 puntos en intención de voto por partido. « Grupo Radar"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  33. «"Intención de voto por partido. Primer trimestre 2017"» (em espanhol). Consultado em 25 de outubro de 2019 
  34. «Equipos: Lacalle Pou favorito para noviembre» (em espanhol). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  35. «Intención de Voto – Balotaje» (em espanhol). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  36. «Nueva encuesta de Radar para el balotaje» (em espanhol). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  37. «SEGUNDA SEMANA: LACALLE POU 48%, DANIEL MARTÍNEZ 42%» (em espanhol). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  38. «Última encuesta de Cifra ubica a Lacalle Pou por encima de Daniel Martínez» (em espanhol). Consultado em 20 de novembro de 2019 
  39. «Factum: Lacalle superaría el 50% y aventajaría por ocho puntos a Martínez en el balotaje» (em espanhol). Consultado em 20 de novembro de 2019 
  40. «Metrocall: Lacalle obtendría el 52% y aventajaría por once puntos a Martínez en el balotaje» (em espanhol). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  41. «Encuesta Radar: ventaja de Lacalle Pou sobre Martínez supera el porcentaje de indecisos» (em espanhol). Consultado em 22 de novembro de 2019 
  42. Predefinição:Citarweb
  43. Predefinição:Citarweb
  44. «SUMATORIA PROVISORIA DE LOS RESULTADOS DE LOS ESCRUTINIOS PRIMARIOS DE LAS COMISIONES RECEPTORAS DE VOTOS.». Corte Electoral de Uruguay (em espanhol). Consultado em 28 de outubro de 2019 
  45. «SUMATORIA PROVISORIA DE LOS RESULTADOS DE LOS ESCRUTINIOS PRIMARIOS DE LAS COMISIONES RECEPTORAS DE VOTOS.». Corte Electoral de Uruguay (em espanhol). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  46. «SUMATORIA PROVISORIA DE LOS RESULTADOS DE LOS ESCRUTINIOS PRIMARIOS DE LAS COMISIONES RECEPTORAS DE VOTOS.». Corte Electoral de Uruguay (em espanhol). Consultado em 24 de novembro de 2019 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Eleição presidencial no Uruguai em 2019