Partido Nacional (Uruguai)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Partido Nacional
Somos Idea
La Unión Nos Hará Fuerza
Presidente Beatriz Argimón
Fundação 10 de agosto de 1836
Sede Montevidéu
Ideologia Democracia cristã
Nacionalismo
Conservadorismo
Pan-americanismo
Herrerismo
Liberalismo
Social-Democracia
Espectro político Centro-direita
Ala jovem Juventud del Partido Nacional
Afiliação internacional COPPPAL
ODCA
Cores       Azul Claro

      Branco
Página oficial
partidonacional.org.uy

Política do Uruguai
Partidos políticos
Eleições

O Partido Nacional, ou Partido Blanco, é um partido político uruguaio, ligado ao interior e a cadeia de produção primária. Hoje assume uma postura tendendo a centro-direita. Mas também possuí em seus quadros partidários, diversas outras formas de identificação que vão de Centro-esquerda, Social-democracia até Conservadorismo.[1]

Seu membros que tem pensamentos mais próximos a visão moderna e conceito de esquerda são conhecidos por "BlancosZurdos".

Como o Partido Colorado, remonta à criação do Estado uruguaio. Reconhece como seu fundador o general Manuel Oribe, quem fora vice-chefe da Cruzada Libertadora dos Trinta e Três Orientais, na luta pela independência do Uruguai contra o Império do Brasil (1825-1828). Tem suas origens nos enfrentamentos entre os líderes da independência de 1830. Em 1836, enfrentam-se os partidários do presidente Manuel Oribe e o grupo que apoiava Fructuoso Rivera (presidente entre 1830-1834).

Na batalha de Carpinteria surgiram as cores das divisas que posteriormente identificam cada grupo político: blancos, partidários de Manuel Oribe, e colorados (vermelho), os de Rivera.[2] Isto conformou um bipartidismo que durou até princípios do século XXI, com a ascensão ao poder da Frente Amplio, com Tabaré Vásquez.

Os Blancos são divididos basicamente em duas correntes dentro do Partido que são elas:

Herrerismo: Baseado nos pensamentos ideológicos de Luis Alberto de Herrera, líder histórico do Partido Nacional por mais de 50 anos, ideologia essa mais ligada ao conservadorismo e a politicas de tendência ideológica de Direita (política), Liberalismo e Conservadorismo do aspecto que conhecemos. O atual líder dessa corrente ideológica é o atual Presidente do Uruguai, Luis Alberto Lacalle Pou e seus membros são conhecidos como Herreristas.

Wilsonismo: Baseado nos pensamentos ideológicos de Wilson Ferreira Aldunate, conhecido por ser o último Caudilho do Partido Nacional, conhecido por sua luta contra a Ditadura civil-militar uruguaia, está ditadura que contou inclusive com o apoio de políticos do Partido Colorado (Uruguai), pois era nesta época Wilson era Presidente e líder máximo do Partido Nacional e as pesquisas apontavam sua larga vantagem na disputa presidencial que viria a acontecer, os membros dessa corrente ideológica são mais ligados a questões de aspecto social, ideologia essa que tem tendências que vão de poucos membros mas visíveis que se reconhecem como Centro-esquerda mas em sua maioria seus membros são ligados a Social-democracia, Centrismo até o aspecto de Centro-direita, seus membros tem como principal questão ideológica a questão de liberdade, e condições de vida digna a todos os cidadãos, assim como o Nacionalismo. Seus membros são conhecidos como Wilsonistas. Muitas vezes Wilson é comparado tanto fisicamente como ideologicamente ao político brasileiro Leonel Brizola, principalmente por sua luta contra as ditaduras em seus determinados países.

Em sua história, reagiram contra o projeto reformista, tendendo ao welfare state, que personificou o batllismo ao longo de décadas. Com base na afirmação das vantagens da "economia natural", dos direitos da propriedade privada e dos benefícios derivados do livre câmbio, os blancos foram vinculados com o rural, o "criollo", com a pecuária e com a terra. Durante anos o Partido Nacional teve como líder fundamental Luis Alberto de Herrera, que faleceu em 1959.

Na atualidade as principais lideranças são do atual presidente Luis Lacalle Pou, o ministro do Interior Jorge Larrañaga que pertence a corrente ideológica "Wilsonista" mais ligada a questões sociais, Beatriz Argimón Vice- Presidente do Uruguay, 1° Presidente mulher do Partido e líder do movimento ligado ao Feminismo Blanco e extremamente ligada a questões de igualdade social e o ex-presidente da República Luis Alberto Lacalle.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Declaración de Princípios del Partido Nacional». S/d. Consultado em 15 de março de 2015 
  2. «Historia Partido Nacional de Uruguay». 12 de dezembro de 2011. Consultado em 15 de março de 2015