Eleições parlamentares na Palestina em 2006

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Flag of Palestine.svg

Eleições parlamentares na Palestina em 2006 foram as eleições realizadas em 25 de janeiro daquele ano, para escolha dos 132 membros do Conselho Legislativo da Palestina (CLP), órgão legislativo da Autoridade Nacional Palestina (ANP). Desconsiderando as eleições municipais e presidenciais de 2005, esta foi a primeira eleição na ANP desde 1996. Desde então, os pleitos agendados foram adiados em razão do conflito israelense-palestino. Eleitores da Faixa de Gaza, da Cisjordânia e de Jerusalém Oriental, territórios então ocupados por Israel, participaram do pleito.


Resultados[editar | editar código-fonte]

Os resultados finais da eleição deram vitória ao Hamas, que conquistou 74 assentos no CLP. O Hamas nunca havia tido representação no Conselho Legislativo da Palestina, pois havia boicotado as eleições legislativas anteriores, por considerar ilegítima a Autoridade Palestina, criada pelos acordos de Oslo.

O Fatah, até então governista, teve sua bancada reduzida em 10 cadeiras, elegendo 45 deputados. A maioria absoluta conquistada pelo Hamas no CLP garantiu-lhe o direito de formar o novo governo da ANP. Nas listas eleitorais, o Hamas recebeu 44,4% dos votos contra 41,4% do Fatah. Nos distritos eleitorais, os candidatos do Hamas receberam 41,7% dos votos contra 36,9% dos candidatos do Fatah.

Após a derrota eleitoral, o então primeiro-ministro da ANP Ahmed Qorei renunciou ao cargo, mas continuou como primeiro-ministro interino até a posse de Ismail Haniya, do Hamas, em 19 de fevereiro de 2006, atendendo ao pedido do presidente Mahmoud Abbas. O grupo conhecido como Quarteto para o Oriente Médio (Estados Unidos, Rússia, União Europeia e Organização das Nações Unidas) ameaçou cortar as verbas destinadas à ANP se Haniya tomasse posse do cargo.

Partido Proporcional Uninominal Total
Votos % Lugares Votos % Lugares
Hamas 440 409
44,45 / 100,00
29 / 66
1 932 168
40,82 / 100,00
45 / 66
74 / 132
Fatah 410 554
41,43 / 100,00
28 / 66
1 684 441
35,58 / 100,00
17 / 66
45 / 132
Frente Popular para a Libertação da Palestina 42 101
4,25 / 100,00
3 / 66
140 074
2,96 / 100,00
0 / 66
3 / 132
A Alternativa (FDLP-PPP-UDP) 28 973
2,92 / 100,00
2 / 66
8 216
0,17 / 100,00
0 / 66
2 / 132
Iniciativa Nacional Palestina 26 909
2,72 / 100,00
2 / 66
2 / 132
Terceira Via 23 862
2,41 / 100,00
2 / 66
2 / 132
Frente da Luta Popular Palestiniana 7 127
0,72 / 100,00
0 / 66
8 821
0,19 / 100,00
0 / 66
0 / 132
Frente Árabe Palestiniana 4 398
0,44 / 100,00
0 / 66
3 446
0,07 / 100,00
0 / 66
0 / 132
Frente pela Libertação da Palestina 3 011
0,30 / 100,00
0 / 66
0 / 132
Coligação Nacional pela Justiça e Democracia 1 806
0,18 / 100,00
0 / 66
0 / 132
Justiça Palestiniana 1 723
0,17 / 100,00
0 / 66
0 / 132
União Democrática Palestiniana 3 257
0,07 / 100,00
0 / 66
0 / 132
Candidatos Independentes 953 465
20,14 / 100,00
4 / 66
4 / 132
Votos Inválidos 29 864
Total 1 020 737
100,00 / 100,00
66 / 66
4 733 888
100,00 / 100,00
66 / 66
132 / 132
Eleitorado/Participação 1 341 671
76,07 / 100,00

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira da Palestina Estado da Palestina
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Cultura • História • Imagens


Ícone de esboço Este artigo sobre o Estado da Palestina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.