Eleitores Livres (Alemanha)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eleitores Livres
Freie Wähler
Líder Hubert Aiwanger
Fundação 2009
Sede Würzburg,  Alemanha
Ideologia Regionalismo
Localismo
Centrismo
Eurocepticismo
Espectro político Centro
Afiliação europeia Partido Democrata Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa
Bundestag
0 / 631
Parlamento Europeu
1 / 96
Parlamentos Regionais
22 / 1 857
Cores Laranja e Azul

Eleitores Livres (em alemão Freie Wähler, FW) é um conceito alemão no qual uma associação de pessoas participa de uma eleição sem possuir o status de um partido político registrado. Normalmente é um grupo organizado local de eleitores na forma de uma associação registrada. Na maior parte dos casos, os Eleitores Livres atuam apenas no nível governo local, mas, em Janeiro de 2009, todas estas associações se juntaram e uniram-se num partido oficial em toda a Alemanha [1]

Diferente de outros estados alemães, o eleitores livres da Bavária contestam as eleições estaduais desde 1998. Na eleição da Bavária de 2008 os eleitores livres receberam 10.2% dos votos e ganharam seus primeiros vinte assentos em Landtag.[2] Algumas pessoas acreditavam que os eleitores livres se sairam tão bem nessa eleição devido a presença de Gabriele Pauli, uma antiga dissidente da União Social-Cristã da Bavária.[3][4]

Na eleiçõe alemã do parlamento europeu de 2014, os eleitores livres receberam 1,46% dos votos nacionais e elegeram um eurodeputado, Ulrike Müller,[5] que atua junto com a Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa.[6]

Referências

  1. «Ungültiger Titel» (em alemão) 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 23 de maio de 2017.. Arquivado do original em 30 de setembro de 2008 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 15 de setembro de 2008.. Arquivado do original em 3 de agosto de 2008 
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 29 de setembro de 2008.. Arquivado do original em 1 de dezembro de 2008 
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 23 de novembro de 2014.. Arquivado do original em 5 de julho de 2015 
  6. http://www.votewatch.eu/en/term8-ulrike-muller-2.html