Elisabeth Noelle-Neumann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Elisabeth Noelle-Neumann
Elisabeth Noelle-Neumann com o secretário de estado Otto Schlecht (1991)
Nascimento 19 de dezembro de 1916
Berlim, Império Alemão
Morte 25 de março de 2010 (93 anos)
Allensbach, Alemanha
Prêmios Prêmio Hanns Martin Schleyer (1999)

Elisabeth Noelle-Neumann (Berlim, Império Alemão, 19 de dezembro de 1916Allensbach, Alemanha, 25 de março de 2010) foi uma cientista política alemã. Sua obra mais famosa é o livro The Spiral of Silence : Public Opinion – Our Social Skin, onde apresenta a Teoria do Espiral do Silêncio, que explica como a opinião pública influência o comportamento do indivíduo.

Frequentou a famosa escola Schloss Salem, mas a abandonou um ano depois e terminou seu ensino secundário em Goettingen[1]. Estudou filosofia, história, jornalismo e estudos americanos nas universidades de Berlim, Königsberg e Munique. Em 1940 obteve seu doutorado por sua pesquisa sobre opinião pública nos Estados Unidos.[2]

Um aspecto polêmico de sua trajetória foi o trabalho realizado para o regime nazista. Elisabeth foi escolhida para um programa de intercâmbio, controlado entre os anos de 1937 e 1939 pelo Partido Nacional Socialista, com base em suas credenciais como ativista e líder de organizações estudantis da juventude nazista. Em 1940 trabalhou no seminário, Das Reich, no qual foi publicado em 8 de junho de 1941 um artigo intitulado “Quem informa os Estados Unidos?”, onde acusava os judeus de controlarem a mídia americana. Apesar disso, afirmou posteriormente nunca ter sido uma nazista.[3]

Em 1947, fundou o Institut für Demoskopie Allensbach  (Instituto de Demoscopia de Allensbach), o primeiro órgão alemão de pesquisa de opinião, no qual se tornou uma das organizações de pesquisa mais conhecidas e prestigiadas do país. Entre 1964 e 1983 foi professora da Universidade de Mainz.[2]

Referências

  1. «Childhood and Adolescence | Elisabeth Noelle-Neumann». noelle-neumann.de. Consultado em 10 de janeiro de 2017. 
  2. a b Childs, David (9 de abril de 2010). «Elisabeth Noelle Neumann: Pioneer of public-opinion polling and market». The Independent (em inglês) 
  3. BOGART, Leo. (01/08/91). "The Pollster & the Nazis". Commentary Magazine.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.