Encalhados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Laggies
Encalhados (PRT/BRA)
 Estados Unidos
2014 •  cor •  99 min 
Direção Lynn Shelton
Produção Craig Chapman
Kevin Scott Frakes
Steve Golin
Kyle Dean Jackson
Alix Madigan
Myles Nestel
Raj Brinder Singh
Rosalie Swedlin
Roteiro Andrea Seigel
Gênero Comédia romântica
Música Benjamin Kasulke
Cinematografia Benjamin Kasulke
Edição Nat Sanders
Companhia(s) produtora(s) Anonymous Content
Distribuição A24
Lançamento Portugal 15 de janeiro de 2015
Idioma inglês
Receita US$ 1.8 milhões[1]
Página no IMDb (em inglês)

Laggies é um filme independente de comédia romântica. Foi lançado em 17 de janeiro de 2014 no Festival Sundance de Cinema.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Megan é uma pessoa sem rumo de vinte e poucos anos que está em um relacionamento sério com seu namorado da escola. Sua amiga de casamento, Allison, propõe inesperadamente seu namorado em casamento. Ela também vê seu pai traindo sua mãe. Chocada e confusa, ela foge e corre para a adolescente Annika e seus amigos. Depois de comprar álcool, Megan anda com seu skate. Quando eles pedem-lhe para ela se juntar a eles para sair de noite, ela aceita.[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Keira Knightley ... Megan
  • Larissa Schmitz ... Megan (jovem)
  • Chloë Grace Moretz ... Annika
  • Sam Rockwell ... Craig
  • Ellie Kemper ... Allison
  • Sarah Lynn Wright ... Allison (jovem)
  • Mark Webber ... Anthony
  • Phillip Abraham ... Anthony (jovem)
  • Kaitlyn Dever ... Misty
  • Tiya Sircar ... Zareena
  • Gretchen Mol ... Bethany
  • Jeff Garlin ... Pai de Megan
  • Sara Coates ... Savannah
  • Rocki DuCharme ... Savannah (jovem)
  • Louis Hobson ... Theo
  • Kirsten deLohr Helland ... Danielle
  • Maura Lindsay ... Danielle (jovem)

Recepção[editar | editar código-fonte]

Laggies teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. Com base em 32 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 63 em 100 no Metacritic. Em avalições positivas, do ReelViews, James Berardinelli disse: "Para a maior parte, Laggies oferece um portal atraente na vida de alguém de 28 anos, apelativa, confusa que não tem todas as respostas e não tem medo de admitir isso. A história coming-of-age, ao que parece, não será necessariamente limitada aos adolescentes."

Do Austin Chronicle, Marjorie Baumgarten: "Apesar de seu folheado agradável, Laggies é um pouco à deriva em si. Performances vencedoras nos deixam empenhados - e uma aparência de uma sequência por Gretchen Mol como a mãe de Annika que foi confinada é assustadoramente complexa."

The Washington Post, Ann Hornaday: "Laggies possui alegria irreprimível, otimismo e um senso inato de facilidade que muitas vezes vão faltar em produções inúteis frouxamente organizados sob "O medo do envelhecimento". Ao contrário de sua heroína, por vezes, irritantemente insossa, este é um filme que sabe exatamente para onde está indo, e encontra alegria na jornada."[4]

Referências

  1. «Laggies» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 6 de maio de 2015 
  2. «Sundance 2014: World Cinema Dramatic Competition» (em inglês). IndieWire. Consultado em 6 de maio de 2015 
  3. Igor (28 de março de 2013). «Laggies». Filmow. Consultado em 6 de maio de 2015 
  4. «Laggies». Metacritic (em inglês). CBS Interactive. Consultado em 6 de maio de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]