Erland Josephson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Erland Josephson
Nascimento 15 de junho de 1923
Estocolmo
Morte 25 de fevereiro de 2012 (88 anos)
Estocolmo
Sepultamento Mosaic Cemetery, Northern Cemetery
Cidadania Suécia
Progenitores
  • Gunnar Josephson
Cônjuge Kristina Adolphson, Ulla Åberg, Annika Tretow
Filho(s) Charlotta Larsson, Fanny Josephson, Ludvig Josephson
Irmão(s) Åke Josephson, Carl Olof Josephson
Ocupação diretor de cinema, escritor, roteirista, ator de teatro, ator de cinema, realizador, poeta
Prêmios
  • Litteris et Artibus (1973)
  • Prêmio Eugene O'Neill
  • Prêmio de Teatro da Academia Sueca (1987)
  • De Nio's Special prizes (2002)
Causa da morte doença de Parkinson

Erland Josephson (Estocolmo, Suécia, 15 de Junho de 1923 - 25 de Fevereiro de 2012) foi um autor e ator sueco de origem judaica, neto de Ernst Josephson. Mais conhecido pelas suas atuações em filmes dirigidos por Ingmar Bergman, Andrei Tarkovsky e Theo Angelopoulos, entre outros. Também publicou várias novelas, contos, poesias e peças, e dirigiu alguns filmes para o cinema.

Em 1996, o actor esteve em Portugal, onde foi membro do júri internacional do Festival de Curtas-Metragens de Vila do Conde.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.