Escola Amapaense de Artes Populares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Escola Amapaense de Artes Populares R. Peixe[1] [2] (antiga Escola Sambódromo de Artes Populares) popularmente conhecido como Sambódromo de Macapá, localiza-se na cidade de Macapá, Brasil. sendo localizada no Complexo do Marco Zero, onde se realizam os desfiles das escolas de samba e dos blocos carnavalescos, o festival de quadrilha junina e grandes shows musicais. Tem capacidade para aproximadamente 18 mil pessoas.

Em dezembro de 2011, foi inaugurada a "Cidade do Samba"[3] , que tem como objetivo modernizar e ampliar o sambódromo. além de galpões nos moldes da Cidade do Samba do Rio de Janeiro[4]. no final de setembro de 2013, iniciou-se obras de modificações estruturais, que contempla a derrubada do prédio da LIESAP[5].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Sambódromo se chamará R. Peixe a partir desta sexta-feira». 1 de março de 2011. Consultado em 14 de janeiro de 2012 
  2. «Sambódromo agora se chama Artes Populares R. Peixe». 9 de março de 2011. Consultado em 14 de janeiro de 2012 
  3. Alcinéa Cavalcante (20 de dezembro de 2011). «Governo inaugura hoje a "Cidade do Samba" em Macapá». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  4. Portal Amazônia (30 de novembro de 2011). «Obras da Cidade do Samba em Macapá seguem em ritmo acelerado». Consultado em 14 de janeiro de 2011 
  5. G1 (5 de outubro de 2013). «Reforma do Sambódromo fica pronta antes do Carnaval 2014, diz Liesap». 10h18. Consultado em 7 de outubro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.