Espaço urinário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em anatomia renal, o espaço urinário ou espaço de Bowman é o espaço entre o folheto visceral e o parietal da cápsula de Bowman.[1] A cápsula de Bowman envolve o glomérulo, sendo formada por uma camada de células aderidas ao glomérulo (folheto visceral, formado pelos podócitos) e uma camada mais externa, o folheto parietal. O filtrado produzido no glomérulo acumula-se no espaço urinário, de onde segue para o túbulo proximal.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nielsen, S.; Kwon, T. H.; Fenton, R. A.; Praetorious, J. (2012). «Anatomy of the kidney». In: Rector, F. C.; Brenner, B. M. Brenner & Rector's the kidney 9 ed. Philadelphia: Elsevier Saunders. pp. 31–93. ISBN 978-1-4160-6193-9 
  2. Zatz, R.; Seguro, A. C. (2011). «Acidoses e alcaloses». In: Zatz, R. Bases fisiológicas da nefrologia 1 ed. São Paulo: Atheneu. pp. 2 –24. ISBN 978-85-388-0262-4