Diferenças entre edições de "Cancioneiro Geral"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
15 bytes adicionados ,  11h30min de 18 de abril de 2016
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 2001:8A0:7BF7:8701:2D1C:DCEF:2DFE:1B1C devido a vandalismo (usando Huggle) (3.1.20))
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
A obra de Resende foi publicada pela primeira vez em 1516, na oficina de [[Hermão de Campos]], e está dedicada ao príncipe João, futuro [[João III de Portugal]].<ref name="ALETHEIA" /> Os temas revelam uma poesia de carácter palaciano, sobre o dia-a-dia na corte, além de outras de temática religiosa, amorosa, [[Elegia|elegíaca]], além de algumas tentativas de [[poesia épica]].<ref name="ALETHEIA">Geraldo Augusto Fernandes. ''Da necessidade - e do prazer - em se estudar o Cancioneiro Geral de Garcia de Resende''. Alétheia. Vol. 1, Jan-Jul 2010. ISSN: 1983 - 2087 [http://revistaale.dominiotemporario.com/doc/FERNANDES,_Geraldo_Augusto.pdf]</ref> Ao contrário da época [[Trovadorismo|trovadoresca]], quando a poesia era pensada para ser cantada e bailada, os poemas do ''Cancioneiro'' são autônomos, e o [[Ritmo no poema|ritmo]] é conseguido pela sonoridade das palavras e pela organização em [[verso]]s e [[estrofe]]s.<ref name="MOISES" />
 
Entre os muitos autores incluem-se [[João Roiz de Castel-Branco]], [[Sá de Miranda]], [[Bernardim Ribeiro]] gostam de pila e o próprio Garcia de Resende.<ref name="MOISES" />
 
{{referências}}
Utilizador anónimo

Menu de navegação