Saltar para o conteúdo

Administrador de rede: diferenças entre revisões

m
artigo é sobre o assunto, não sobre o nome do assunto; ajuste(s) utilizando AWB
m (Marcado que existem referências sem formatação, usando FastButtons)
m (artigo é sobre o assunto, não sobre o nome do assunto; ajuste(s) utilizando AWB)
{{Formatar referências|data=maio de 2016}}
O '''Administrador de rede''', em [[informática]], é o nome que informalmente se dá ao responsável por [[projeto|projetar]] e [[manutenção|manter]] uma [[rede de computadores]] em funcionamento, de acordo com o desejado pelo próprio (mais comumente em [[LAN|redes locais]]) ou por quem o designou para a função ([[empresa]]s ou [[órgão público|órgãos públicos]], por exemplo). Tem como atribuição principal o gerenciamento da [[rede local]], bem como dos [[Hardware de rede|recursos computacionais]] relacionados direta ou indiretamente.<ref>[https://www.os3.nl UvA Master SNE homepage]</ref>
 
O perfil deste [[profissional]] deve possuir curso [[técnico]] ou [[superior]] em [[Redes de Computadores]], [[Ciência da Computação]] ou equivalente, e/ou ser uma pessoa com grande experiência na área de [[informática]]. É importante que seja familiarizado com os equipamentos e [[software]] com os quais trabalha, tendo como forma de comprovação as tão valorizadas certificações, emitidas por grandes empresas através de provas. Exemplos são as [[MCP]], [[MCSA]] e [[MCSE]], [[certificação |certificações profissionais]] da [[Microsoft Certified Professional|Microsoft]]; [[Linux Professional Institute|Certificações Linux]]: LPIC-1, LPIC-2 e LPIC-3; E também a famosa Formação [[Cisco Systems|Cisco]]-CCNA, vista por muitos profissionais como requisito obrigatório para quem deseja garantir sua vaga no mercado de grandes empresas, em início de carreira.
 
No aspecto pessoal, o profissional deve ser dinâmico e ter interesse em buscar alternativas técnicas e gerenciais através da dedicação. Deve ser confiável, prestativo e possuir facilidade de comunicação com seus usuários, além de funcionar como mediador com o Departamento de Informática ([[DTI]]) nas questões técnicas e administrativas da [[rede local]]. É quase obrigatório também, devido as mudanças e os avanços que a tecnologia sofre em curto espaço de tempo, que o profissional da área de informática, se mantenha sempre atualizado, seja por meio do uso de novas tecnologias e, ou, frequentando salas de cursos e treinamentos, e até mesmo cursando uma [[Pós-graduação|Pós-Graduação]], que por sinal, é muito bem vista nessa área.
 
Normalmente, os administradores de rede possuem conhecimentos avançados em [[Protocolo_Protocolo (ciência_da_computaçãociência da computação)|protocolos de rede]], [[segurança da informação]], [[Internet]] e [[sistemas operacionais]] diversos, geralmente obtidos por cursos técnicos e cursos superiores. No entanto, não há [[regulamentação]] para exercer a profissão, de modo que do profissional nem sempre é exigida formação acadêmica ou mesmo em cursos profissionalizantes.
 
O administrador de redes, em redes maiores, trabalha em equipe com outros administradores, possuindo [[senha]]s especias privativas, que dão acesso a todos os programas instalados, inclusive [[sistemas operacionais]]. Essas senhas são chamadas ''supersenhas'', ou ''senhas de [[root]]'' (termo mais usado entre usuários de [[Linux]]), ou simplesmente ''senhas de administrador'' (mais comum entre usuários de [[Windows]]).
 
* Instalação e manutenção da [[rede local]];
 
* Acompanhar o processo de venda do material necessário para manutenção da rede local junto com o SAT (Setor de Assistência Técnica), orientando o processo de compra e mantendo contato com os fornecedores de equipamentos e materiais de informática;
* Instalar e configurar a máquina [[gateway]] da rede local seguindo as orientações "Normas de Utilização do DIN";
 
* Orientar e/ou auxiliar os administradores das [[sub-redes]] na instalação/ampliação da sub-rede; manter em funcionamento a rede local do DIN, disponibilizando e otimizando os [[recursos computacionais]] disponíveis;
 
* Executar serviços nas máquinas principais da rede local, tais como: [[gerenciamento de discos]], fitas e [[backup]]'s, parametrização dos sistemas, atualização de versões dos [[sistemas operacionais]] e [[aplicativos]], aplicação de correções e [[patches]];
 
* Realizar abertura, controle e fechamento de contas nas máquinas principais do [[domínio]] local, conforme normas estabelecidas pelo DIN;
 
* Controlar e acompanhar a performance da [[rede local]] e [[sub-redes]] bem como dos equipamentos e sistemas operacionais instalados;
 
* Propor a atualização dos recursos de [[software]] e [[hardware]] aos seus superiores;
 
* Manter atualizado os dados relativos ao [[Domain Name System|DNS]] das máquinas da rede local;
 
* Divulgar informações de forma simples e clara sobre assuntos que afetem os usuários locais, tais como mudança de serviços da rede, novas versões de software, etc.;
 
* Manter-se atualizado tecnicamente através de estudos, participação em cursos e treinamentos, listas de discussão, etc.;
 
* Garantir a integridade e confidencialidade e disponibilidade das informações sob seu gerenciamento e verificar ocorrências de infrações e/ou segurança;
 
* Comunicar ao DIN qualquer ocorrência de segurança na rede local que possa afetar a [[rede local]] e/ou [[Internet]];
 
* Promover a utilização de [[conexão segura]] entre os usuários do seu [[domínio]].
 
* Tendo como foco principal os serviços de Rede e equipamentos a qual a ele compete.
 
* Colocar em pratica a política de segurança de redes, além de desenvolvê-la.