Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Hélder Muteia"

m
ajustes usando script
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
m (ajustes usando script)
 
{{info/Biografia/Wikidata}}
'''Hélder dos Santos Félix Monteiro Muteia''' (Quelimane, a 21 de Setembro de 1960) é um [[escritor]], político, e profissional do sector agropecuário [[moçambique|moçambicano]]. <ref name="Infopédia">Hélder Muteia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-27 00:33:09]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$helder-muteia </ref>
 
== Biografia ==
Concluiu o curso médio de agropecuária no Instituto Agrário de Chimoio (1981), licenciou-se em Medicina Veterinária pela Universidade Eduardo Mondlane (1990) e concluiu o mestrado em agroeconomia pela universidade de Londres (2009).<ref>{{citar web|url=http://www.minec.gov.mz/index.php/imprensa/destaques/183-muteia-nomeado-coordenador-sub-regional-da-fao-para-a-africa-central|titulo=Subregional Coordinator for Central Africa: Hélder Muteia|data=01-12-2016|acessodata=FAO Sub-Regional|publicado=FAO|ultimo=FAO|primeiro=FAO}}</ref>
 
Começou a escrever quando frequentava o ensino secundário, mas a sua primeira publicação aconteceu nas páginas do diário de Notícias da Beira, quando ingressou no Instituto Médio Agrário do Chimoio, em 1979. Foi membro fundador do movimento literário CHARRUA (1983). Membro fundador do núcleo Literário da Universidade Eduardo Mondlane ECO (1985). Foi Secretário-geral da AEMO (1992-1995). Presidente do Conselho Fiscal &nbsp; (1996-1999). Colaborou com diversas crónicas e artigos para a imprensa: Jornal Notícias, Diário de Moçambique, Eco, Tempo, Lótus, Forja, entre outros órgãos de comunicação. Vários dos seus trabalhos literários estão incluídos em antologias nacionais e estrangeiras, tais como “Contos Moçambicanos” e “Sonha Mamana África”, ambos publicados no Brasil.
 
Foi coordenador da página literária “'''Ler e escrever'''” do Jornal “Domingo.”
 
Publicou vários ensaios sobre literatura e textos de análise sociopolítica e económica.
 
 
 
 
== Obras publicadas &nbsp; ==
Entre as obras publicadas constam: '''"Verdades dos Mitos",''' poesia (1988); '''"Nhambaro"''', contos e crónicas (1996); '''"Sonhos ao Avesso"''', poesia (2009''')[https://noticias.sapo.mz/actualidade/artigos/helder-muteia-sonhos-ao-avesso];"Vozes de Sangue'''", reportagem sobre crianças afectadas pela guerra em Moçambique (1988), em parceria com Eduardo White; e '''"Reflexões sobre a agricultura, ambiente, desenvolvimento rural e alimentação"''' (2015) e '''“O barrigudo e outros contos”'''<ref>{{citar web|url=http://opais.sapo.mz/e-se-o-barrigudo-for-uma-colectanea-de-cronicas|titulo=O Barrigudo e outros contos|data=|acessodata=|publicado=|ultimo=|primeiro=}}</ref><ref>[http://opais.sapo.mz/e-se-o-barrigudo-for-uma-colectanea-de-cronicas]''' (2018).</ref>