Quelimane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Quelimane
Cidade e Município de Moçambique Moçambique
Quilimane.jpg
Dados gerais
Gentílico quelimanense
Província Zambézia
Distrito Quelimane (distrito)
Posto(s) administrativos(s) Quelimane
Município(s) Quelimane
Características geográficas
Área 117 km quadrados km²
População 193.343 hab. (1997)

Quelimane está localizado em: Moçambique
Quelimane
Localização de Quelimane em Moçambique
16° 51' 00" S 36° 59' 00" E{{{latG}}}° {{{latM}}}' {{{latS}}}" {{{latP}}} {{{lonG}}}° {{{lonM}}}' {{{lonS}}}
Dados adicionais
Código postal 2403
Projecto África  • Portal de Moçambique

Quelimane é a capital e a maior cidade da província da Zambézia, em Moçambique. Está localizada no rio dos Bons Sinais, a cerca de 20 km do Oceano Índico; por essa razão, a cidade conta com um porto, que é uma das suas principais actividades económicas, centro de uma importante indústria pesqueira.

Era um importante centro comercial suaíle quando os portugueses ali chegaram em 1498, mais especificamente Vasco da Gama na sua primeira viagem à Índia, mas a presença portuguesa permanente só foi registada a partir de 1544.[1] Foi elevada a vila e sede de concelho em 1763 e a cidade a 21 de Agosto de 1942.[2]

A cidade de Quelimane é administrativamente um município com um governo local eleito e também um distrito, que administra as competências do governo central.[3] Numa área de 117 km², a cidade tinha 150 116 habitantes em 1997. A população tinha ascendido a 185.000 habitantes em 2003, e o censo de 2007 registou 193.343 habitantes.[4]

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Existem várias versões sobre a origem do nome da cidade:

  • Uma versão popular, desacreditada por linguistas e especialistas, seria a de que a origem do nome de Quelimane derivaria das palavras inglesas Killing Man (mata homens), que teriam evoluído para Queli-Man, pois esta zona de Moçambique estaria infectada de mosquitos transmissores da malária e muitos dos homens das tripulações morreram como consequência dessa doença.
  • Outra versão diz que o nome desta cidade vem dos tempos da sua "descoberta" por Vasco da Gama que, vendo algumas pessoas a cultivar a terra, lhes perguntou (em língua portuguesa, evidentemente) como se chamava a terra. Não entendendo a pergunta, algum dos locais terá dito Kuliamani, que significa: "Estamos a cultivar".

Relações externas[editar | editar código-fonte]

Quelimane encontra-se irmanada com Setúbal, desde 2005.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.fcsh.unl.pt/cham/eve/content.php?printconceito=823 Topónimo - QUELIMANE
  2. http://www.verdade.co.mz/eleicoes/35-themadefundo/23185-quelimane-uma-cidade-parada-no-tempo Quelimane: Uma cidade parada no tempo
  3. Lei nº 26/2013, publicada no Boletim da República nº 101, I Série, de 18 de Dezembro de 2013, pág. 1059-1061 (3)
  4. «Cidade de Quelimane.pdf — Instituto Nacional de Estatistica» (PDF). www.ine.gov.mz. Consultado em 6 de novembro de 2016