Angónia (distrito)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angónia
Distrito de Moçambique Moçambique
Flag of Mozambique.svg
Sede Ulongué
Província Tete
Posto(s) administrativos(s) Domué e Ulongué

Angónia está localizado em: Moçambique
Angónia
Localização de Angónia em Moçambique
14° 42' 57" S 34° 22' 23" E{{{latG}}}° {{{latM}}}' {{{latS}}}" {{{latP}}} {{{lonG}}}° {{{lonM}}}' {{{lonS}}}
Dados adicionais
Prefixo telefónico +258 252
Projecto África  • Portal de Moçambique

Angónia é um distrito a norte da província de Tete, em Moçambique, com sede na vila de Ulongué. Tem limite, a norte e nordeste com o Malawi, a oeste com o distrito de Macanga e a sul e leste com o distrito de Tsangano.

De acordo com o censo de 1997, o distrito tinha 247 999 habitantes e uma área de 3437 km², daqui resultando uma densidade populacional de 72,2 habitantes por km².

Os habitantes deste distrito, conhecidos por Ngoni ou Mangoni falam Ngoni, língua bantu com similaridades a línguas de países e distritos vizinhos, nomeadamente as línguas Cheua ou Chewa, e Nyanja, esta última falada na Zâmbia e em um pouco de Moçambique e Malawi. Por causa de demasiadas similaridades que a língua ngoni apresenta com as duas mencionadas acima, muitos acabam juntando ou fazendo confusão, chamando os falantes ou a própria língua de Chewa ou Cheua, por não perceberem a diferença.[1]

Divisão administrativa[editar | editar código-fonte]

O distrito está dividido em dois postos administrativos (Domué e Ulongué), compostos pelas seguintes localidades:

De notar que em 2008 a vila de Ulongué foi elevada à categoria de município.[2]

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia do distrito baseia-se na agricultura devido às suas terras férteis. Os produtos mais cultivados são o tabaco, o algodão, a batata reno e o feijão manteiga.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chissale, Fernando (2016). Contactos Culturais e Gestao de Monumentos Historicos na Provincia de Tete. Tese de Licenciatura, UEM: Faculdade de Letras e Ciencias Sociais. Departamento de Arqueologia e Antropologia. Biblioteca do Departamento de Arqueologia e Antropologia: [s.n.] 
  2. "Boletim da República (BR), I Série, Nº 16 de 1987" in Estudo "Desenvolvimento Municipal em Moçambique: As Lições da Primeira Década". p.24. Banco Mundial. Maio 2009. Acesso 2011 outubro 5
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Moçambique, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.