Gaza (província)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gaza
Província de Moçambique Moçambique
Flag of Mozambique.svg
Dados gerais
Capital Xai-Xai
Município(s) Chibuto, Chókwè, Macia, Manjacaze, Praia do Bilene e Xai-Xai.
Características geográficas
Área 75 334 km²
População 1 228 514 hab. (2007)
Densidade 16,31 hab./km²
Moçambique Gaza prov.png
Província de Gaza em Moçambique.
Dados adicionais
Código postal 12xx
Prefixo telefónico +258 281 (Chokwé)
+258 282 (Xai-Xai)
Sítio Portal do Governo da Província de Gaza
Projecto África  • Portal de Moçambique

Gaza é uma província de Moçambique. Localizada no sul do país, a sua capital é a cidade de Xai-Xai, situada a cerca de 210  quilómetros a norte da capital nacional, Maputo. Com uma área de 75 334  km², esta província está dividida em 12 distritos e possui, desde 2013, 6 municípios: Chibuto, Chókwè, Macia, Manjacaze, Praia do Bilene e Xai-Xai.

Gaza é atravessada pelo rio Limpopo, sendo o centro vital de Gaza. É ele que torna a província importante sobre diferentes pontos de vista: agricultura, política e desenvolvimento.[1]

Em termos de densidade populacional, em 2007, Gaza apresentava apenas 16,31 habitantes por km², um valor que só suplanta o da a província moçambicana com maior área, a nordestina Niassa.

Com quase 1 milhão e 230 mil residentes, a população desta província foi das que menos cresceu entre 1997 e 2007, tendo sido contabilizado um aumento de pouco mais de 166 mil habitantes neste período, correspondendo a uma variação na ordem dos 13,5%. Abaixo destes valores só se encontra a vizinha província de Inhambane.

Localização[editar | editar código-fonte]

Completando o topo da região sul de Moçambique, Gaza está ligada, a norte, à província de Manica, a nordeste à de Inhambane e a sul à província de Maputo. Também a sul faz fronteira com a África do Sul e já a oeste com Zimbabwe. Na parte sueste tem ainda cerca de 200 km de costa do Oceano Índico.

História[editar | editar código-fonte]

A província de Gaza foi formada a partir do distrito de Gaza[2] do período colonial. Este distrito foi criado em 1946 a partir de território do distrito de Lourenço Marques.[3] No entanto o nome tem antecedentes no período pré-colonial, no Império de Gaza, fundado no início do século XIX.

Governadores[editar | editar código-fonte]

A província é dirigida por um governador provincial nomeado pelo Presidente da República.

  • (2000-2005) Rosário Mualeia[4]
  • (2005-2007) Djalma Lourenço.[5] [6]
  • (2007-2015) Raimundo Maico Diomba[6] [7]
  • (2015-) Stella da Graça Pinto Novo Zeca[8]

Demografia[editar | editar código-fonte]

População[editar | editar código-fonte]

Em 2007, o Censo indicou uma população de 1 228 514 residentes. Com uma área de 75 334  km², a densidade populacional rondava os 16,31 habitantes por km².[9] [10] No país, só a província com maior área, Niassa, é menos densamente povoada.

De acordo com o Censo de 1997, a província tinha 1 062 380 habitantes e uma área de 75 539 km², daqui resultando uma densidade populacional de 14,06 habitantes por km².[11]

Entre 1997 e 2007, a população cresceu 13,52%, tendo sido contabilizados mais 166 134 habitantes. Um menor crescimento só foi registado na província de Inhambane.

População da província de Sofala[9] [11]
1980 1997 2007
982 603 1 062 380 1 228 514

Subdivisões da província[editar | editar código-fonte]

Mapa da província

Distritos[editar | editar código-fonte]

Gaza está dividida em 12 distritos, os 11 já existentes quando foi realizado o censo de 200:[12] mais o distrito da Cidade de Xai-Xai, estabelecido em 2013 para administrar as competências do governo central, e que coincide territorialmente com o município do mesmo nome:[13]

Municípios[editar | editar código-fonte]

Gaza possui 6 municípios:[14] [15]

De notar que a vila de Macia se tornou município em 2008, e a Praia do Bilene em 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MILHANO, Ana Paula Ferreira Ribeiro da Costa - Gestão dos recursos hídricos em Moçambique: Gaza – rio Limpopo [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2008. Tese de mestrado.
  2. Decreto-lei nº 6/75 de 18 de Janeiro.
  3. Maria Helena Bramão, Livro de Ouro do Mundo Português - Moçambique. Lourenço Marques, 1970, p.171. Acesso 2014 Dezembro 31
  4. "Rosário Mualeia nomeado PCA dos CFM" in O País online. 15 de Junho de 2010. Acesso 2011 outubro 16
  5. "Guebuza concluiu nomeação do seu governo" in Noticias Lusófonas. 11 de Fevereiro de 2005. Acesso 2011 outubro 16
  6. a b "PR quer governação aberta e inclusiva". Imensis citando Noticias. 26 de Outubro de 2007 Acesso 2011 outubro 16
  7. "Formado novo Governo". TVM Televisão de Moçambique citando Jornal Noticias. 18 de Janeiro de 2010 Acesso 2011 outubro 16
  8. Nyusi empossa governadores provinciais Notícias Moçambique. Visitado em 21 de janeiro de 2015.
  9. a b Quadro da provincia. Instituto Nacional de Estatística. Ano 2007. Acesso 2011 setembro 29
  10. Estatísticas do Distrito de Bilene-Macia. Instituto Nacional de Estatística. Ano 2008. Acesso 2011 outubro 11
  11. a b Instituto Nacional de Estatística (Gaza até 1997) Acesso 2011 setembro 27
  12. Instituto Nacional de Estatística Acesso 2011 outubro 5
  13. [1] Acesso 2014 Dezembro 31
  14. "Resolução n.º 7/87, de 25 de Abril publicado no Boletim da República (BR), I Série, Nº 16 de 1987" in Estudo "Desenvolvimento Municipal em Moçambique: As Lições da Primeira Década". pp. 24 e 25. Banco Mundial. Maio 2009. Acesso 2011 outubro 5
  15. {Citar web |url=http://noticias.sapo.mz/aim/artigo/785122052013173911.html |título=Parlamento Aprova Criação de 10 Novos Municípios |publicado=SapoNotícias |acessodata=1 de Janeiro de 2015}}

Código Postal nos Correios de Moçambique Acesso 2011 outubro 4

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Moçambique, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.