Esquerda Unitária Europeia (1994–1995)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia era um grupo político socialista e comunista com assentos no Parlamento Europeu entre 1994 e 1995.


Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia
Confederal Group of the European United Left[1][2]
Presidente Alonso José Puerta,[2]
Fundação 19 de julho de 1994[1]
Dissolução 6 de janeiro de 1995[1]
Ideologia Socialismo,
Comunismo
Sucessor GUE/NGL

História[editar | editar código-fonte]

O Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia [1] foi criado em 19 de julho de 1994. Consistia em eurodeputados da Esquerda Unida da Espanha (incluindo o Partido Comunista Espanhol), o Synaspismós grego, o Partido Comunista Francês, o Partido Comunista Português, o Partido Comunista da Grécia e o Partido da Refundação Comunista da Itália.

Em 1995, o alargamento da União Europeia conduziu à criação da Esquerda Verde Nórdica. Consistia em eurodeputados da Aliança de Esquerda Finlandesa, Partido da Esquerda Sueco e Partido Popular Socialista Dinamarquês. A Aliança Nórdica da Esquerda Verde fundiu-se com o Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia em 6 de janeiro de 1995 [1] e o grupo resultante foi designado Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde.[2][3][4]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f EUL/NGL on Europe Politique
  2. a b c d European Parliament profile of Alonso José Puerta
  3. a b Group names 1999
  4. a b Political Groups Annual Accounts 2001-2006
  5. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome t1s3
  6. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome t1s1
  7. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome t1s2