Estratonice (filha de Antíoco I Sóter)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Maio de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Estratonice, veja Estratonice.
Estratonice
Nascimento Século III a.C.
Progenitores Mãe:Estratonice
Pai:Antíoco I Sóter
Cônjuge Demétrio II da Macedônia
Filho(s) Apama
Irmão(s) Apama, Antíoco II Teos, Seleuco
Ocupação monarca

Estratonice foi uma filha de Antíoco I Sóter e esposa de Demétrio II da Macedónia.

Antíoco I Sóter era filho de Seleuco I Nicátor e de Apama, filha de Artabazo.[1] Ele se casou com com Estratonice,[2] filha de Demétrio Poliórcetes e Fila,[3] filha de Antípatro;[4] Estratonice, filha de Demétrio, tinha sido esposa de Seleuco I Nicátor, com quem teve um filho,[2] ou uma filha, Fila.[5]

Demétrio II da Macedónia, seu marido, era filho de Antígono II Gónatas e neto de Demétrio Poliórcetes.[6]

Antíoco I Sóter e Estratonice, filha de Demétrio, tiveram três filhos, Antíoco, Estratonice e Apama.[7]

Estratonice, filha de Antíoco I, se casou com Demétrio II da Macedônia.[7] Demétrio II era filho de Antígono II Gónatas [6] e de Fila, filha de Seleuco I Nicátor e Estratonice, filha de Demétrio I Poliórcetes.[8]

Segundo alguns autores, Demétrio II e Estratonice, filha de Antíoco I, foram os pais de Apama, esposa do rei da Bitínia Prúsias I e mãe de Prúsias II.

Após a morte de Alexandre II de Epiro, sua esposa e irmã, Olímpia II de Epiro, tornou-se guardiã dos filhos Pirro e Ptolemeu e, como os etólios queriam tomar parte da Acarnânia, procurou a aliança de Demétrio II da Macedônia, casando sua filha Fítia com Demétrio.[9] Demétrio II da Macedônia já estava casado com uma irmã de Antíoco II Theos, que, divorciada, foi até Antíoco II Theos, para que este fizesse guerra contra seu ex-marido.[9]

De acordo com Porfírio, citado por Eusébio de Cesareia, Demétrio II tomou uma cativa de nome Aureola (Chryseis) como esposa, com quem teve o filho Filipe, o futuro Filipe V da Macedónia;[6] seu sucessor foi Antígono III Doson, regente de Filipe e que se casou com sua mãe.[10]

Os historiadores russos O. L. Gabelko e Iu. N. Kuz'min, baseando-se que Pirro, do Epiro, Filipe V da Macedónia e Prúsias II da Bitínia possuiam uma rara anomalia dentária genética chamada geminação, concluíram que a avó materna de Prúsias II era a mãe de Filipe V, e esta seria neta de Pirro, Fítia.[11] Prúsias II, de acordo com esta análise, teria herdado a anomalia de Apama, filha de Demétrio II e Fítia;[11] Apama foi esposa de Prúsias I da Bitínia.[11][12]

Referências

  1. Estrabão, Geografia, Livro XII, Capítulo 8, 15
  2. a b Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Demétrio, 38.2
  3. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Demétrio, 53.4
  4. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Demétrio, 14.2
  5. João Malalas, Cronografia, Livro VIII [em linha]
  6. a b c Porfírio, citado por Eusébio de Cesareia, Crônica, 89, Os reis dos macedônios, Dos escritos de Porfírio, o filósofo, nosso adversário
  7. a b Eusébio, Crônica, 95, Os reis da Ásia Menor após a morte de Alexandre, o Grande
  8. William Smith, Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology
  9. a b Justino, Epítome das Histórias de Pompeu Trogo, 28.1 [la] [en] [en] [fr] [ru]
  10. Porfírio, citado por Eusébio de Cesareia, Crônicas, 90, Os reis dos macedônios, Dos escritos de Porfírio, o filósofo, nosso adversário
  11. a b c O. L. Gabelko e Iu. N. Kuz'min, As políticas matrimoniais de Demétrio II da Macedónia [ru][en]
  12. Estrabão, Geografia, Livro XII, Capítulo 4, 3

Árvore genealógica, linhas pontilhadas indicam que há dúvidas sobre a paternidade da personagem:

Seleuco I Nicátor
Apama
Demétrio Poliórcetes
Fila
Antíoco I Sóter
Estratonice
Antígono II Gónatas
Fila
Demétrio Etólico
Antíoco
Estratonice
Apama
Apama