Ewald Georg von Kleist

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ewald Georg von Kleist
Nascimento 10 de junho de 1700
Wicewo
Morte 11 de dezembro de 1748 (48 anos)
Koszalin
Cidadania Brandemburgo-Prússia, Reino da Prússia
Progenitores Pai:Ewald Joachim von Kleist
Alma mater Universidade de Leiden, Universidade de Leipzig
Ocupação jurista, físico, sacerdote, juiz, inventor, clérigo
Religião luteranismo

Ewald Georg von Kleist (Wicewo, Transpomerânia, 10 de junho de 1700Koszalin, 11 de dezembro de 1748) foi um jurista clérigo luterano e físico alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Descrição e desenho da invenção de Kleist da garrafa de Leiden
Monumento em Kamień Pomorski para Ewald G. Kleist

Ewald nasceu em Wicewo, Transpomerânia. Estudou jurisprudência na Universidade de Leipzig e na Universidade de Leiden e pode ter despertado seu interesse em eletricidade nesta última universidade, sob a influência de Willem Jacob ’s Gravesande. De 1722 a 1745 foi reitor da catedral de Kamień Pomorski no Reino da Prússia, sendo depois presidente da corte real em Koszalin.

Em 11 de outubro de 1745 inventou independentemente a garrafa de Leiden, que podia armazenar eletricidade em grande quantidade. Comunicou sua descoberta a um grupo de cientistas de Berlim no final de 1745, e a notícia foi transmitida de forma confusa para a Universidade de Leiden, onde a garrafa foi investigada. Esta tornou-se mais conhecida como garrafa de Leiden devido ao aluno de Willem Jacob ’s Gravesande Pieter van Musschenbroek de Leiden.[1]

Referências

  1. Edwin J. Houston (1905). Electricity in Every-day Life. [S.l.]: P. F. Collier & Son