Fórmula infantil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fórmula infantil
Recém-nascido alimentado com fórmula infantil através de biberão.

Fórmula infantil ou leite artificial é um alimento processado, concebido e comercializado para a alimentação de bebés e recém-nascidos com menos de 12 meses de idade. Geralmente, é preparado para ser administrado por biberão e vendido em pó (para ser misturado com água) ou em líquido (para ser ou não misturado com água). A fórmula infantil é um substituto parcial ou integral do leite materno, estando adequada para ser o único alimento consumido por bebés ou recém-nascidos.[1]

Os fabricantes afirmam que a composição da fórmula infantil é concebida de forma aproximada ao leite materno cerca de um a três meses após o parto. No entanto, existem diferenças significativas no conteúdo nutricional nestes produtos.[2] As fórmulas infantis mais comuns contêm soro de leite e caseína de leite de vaca purificado como fonte de proteínas, uma mistura de óleos vegetais como fonte de gordura, lactose como fonte de hidratos de carbono, uma mistura de vitaminas e sais minerais e outros ingredientes que dependem do fabricante.[3] Existem também fórmulas infantis que usam soja como fonte de proteína, em vez do leite de vaca, e fórmulas que usam proteínas hidrolisadas em aminoácidos para crianças alérgicas a outras proteínas.[4]

A Organização Mundial de Saúde afirma que a fórmula infantil preparada de acordo com os padrões Codex Alimentarius é um alimento complementar seguro e um substituto adequado do leite materno.[5]

Referências

  1. U.S. Food and Drug Administration. «What is an infant formula.». Consultado em 23 de setembro de 2014 
  2. Wells, J.C.K. (1996). «Nutritional considerations in infant formula design.». Seminars in Fetal & Neonatal Medicine. 1 (1): 19–26 
  3. Committee on the Evaluation of the Addition of Ingredients New to Infant Formula (2004). «Comparing Infant Formulas with Human Milk». Infant Formula: Evaluating the Safety of New Ingredients. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-309-09150-3 
  4. «Infant Feeding in the 20th Century: Formula and Beikost». 2001 
  5. Organização Mundial de Saúde (2003). «Global strategy for infant and young child feeding» (PDF)