Fausto Cornélio Sula Lúculo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Fausto Cornélio Sula (desambiguação).
Fausto Cornélio Sula Lúculo
Cônsul do Império Romano
Consulado 31 d.C.
Morte 40 d.C.

Fausto Cornélio Sula Lúculo (em latim: Faustus Cornelius Sulla Lucullus; m. 40) foi um político romano da gente Cornélia nomeado cônsul sufecto em 31 com Sexto Tédio Valério Cátulo e depois Lúcio Fulcínio Trião. Era filho de Lúcio Cornélio Sula Fausto, cônsul em 5 a.C., e possivelmente um sobrinho-bisneto do famoso Lúcio Cornélio Sula.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 21, Fausto se casou com Domícia Lépida, a Jovem, uma filha de Antônia Menor com Lúcio Domício Enobarbo, sobrinha-neta do imperador Augusto e neta do triúnviro Marco Antônio. Ela já tinha dois filhos de seu casamento anterior com Marco Valério Messala Barbato e que se tornaram enteados de Fausto, Marco Valério Messala Corvino, cônsul em 58, e a imperatriz Valéria Messalina, terceira esposa do imperador Cláudio.

Com Domícia Lépida, Fausto teve um filho chamado Fausto Cornélio Sula Félix (22-62), que se casou com Cláudia Antônia, filha única de Cláudio.

Fausto morreu em 40 de causas desconhecidas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
Lúcio Cássio Longino

com Marco Vinício
com Lúcio Névio Surdino (suf.)
com Caio Cássio Longino (suf.)

Tibério V
31

com Lúcio Élio Sejano
com Fausto Cornélio Sula Lúculo (suf.)
com Sexto Tédio Valério Cátulo (suf.)
com Públio Mêmio Régulo (suf.)
com Lúcio Fulcínio Trião (suf.)

Sucedido por:
Cneu Domício Enobarbo

com Lúcio Arrúncio Camilo Escriboniano
com Aulo Vitélio (suf.)


Bibliografia[editar | editar código-fonte]